quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A Dor da Alma


"Ó Senhor Deus, ouve as minhas palavras e escuta os meus gemidos!" (Salmo 5.1)

Gememos! Às vezes silenciosamente, às vezes com ruídos de dor. Gememos por motivos diversos: falta de dinheiro, de trabalho, de amigos verdadeiros, de esperança... Gememos de dor ou de agonia. Pois parece não haver solução para nossos problemas.

Mas há sim! Há solução para todos os problemas. Principalmente, há solução para os problemas da alma, que afligem milhões de pessoas. Talvez a você também. Talvez hoje o dia pareça mais pesado que os demais. Se é assim busque ajuda na Palavra de Deus, pois ela orientará você e indicará o caminho certo a seguir. Mas não olhe para a Bíblia apenas como um manual de instruções. Ela não é isso. Ela é mais, é a Palavra de Deus que ensina o caminho para a vida eterna. É o livro que mostra o Salvador Jesus, que traz esperança, onde havia desespero. Mostra alegria verdadeira, onde havia apenas gemidos.

O salmo cinco mostra o que é necessário para parar de gemer: "Ó Senhor Deus, ajuda-me a fazer a tua vontade e faze com que o teu caminho seja reto e plano para mim! Que os meus inimigos vejam que tu estás comigo!" (v. 8). É necessário estar diante de Deus, despido de desculpas. Estar diante de Deus arrependido dos pecados e com o sincero desejo de servir a Deus e ao próximo. Porque Jesus Cristo dá a vida eterna aos que têm fé nele. E ele veio para servir ao próximo, assim como espera que cada um sirva ao próximo e a Deus. Aliviando os gemidos dos outros, como nós mesmos somos aliviados. Amém.

Meu Pai de amor, muitas vezes tenho gemido em silêncio as dores do meu dia. Por outro lado, muitas vezes tenho notado a tua presença comigo, justamente nestes momentos. Ajuda-me a andar no teu caminho e mais amar a ti e ao próximo, e que unidos vivamos em Cristo. Amém.