segunda-feira, 2 de agosto de 2010

“Pai, meu Pai”

O Espírito torna vocês filhos de Deus; e pelo poder do Espírito dizemos com fervor a Deus: “Pai, meu Pai!” (Rm 8.15)

Agosto nos recorda de olharmos um pouquinho para nossos pais. Nossos pais estão precisando de nossos olhos. Nossos pais estão envelhecendo. Estão ficando cansados. Nossos pais, ainda têm muito a aprender, mas muito a nos ensinar também. E felizes aqueles que ainda têm os seus pais bem juntinhos.

pai_e_filho Romanos 8.15 diz assim: Porque o Espírito que vocês receberam de Deus não torna vocês escravos e não faz com que tenham medo. Pelo contrário, o Espírito torna vocês filhos de Deus; e pelo poder do Espírito dizemos com fervor a Deus: “Pai, meu Pai!”

Nós, por causa de Jesus Cristo, fomos tornados filhos de Deus (Jo 1.12). Fomos perdoados dos pecados (1Jo 1.7) e somos contados entre os que herdarão a vida eterna (Tg 2.5). Esse mesmo Jesus nos alertou para amarmos uns aos outros (1Pe 1.22), como amamos a nós mesmos (Mt 22.39) e porque ele nos amou primeiro (1Jo 4.19).

Mas como poderemos amar a Deus, a quem não vemos (1Jo 4.20), se não conseguirmos amar nosso “velho” pai, que está do nosso lado cotidianamente?

Jesus nos ensinou o amor. E como filhos de Deus, acolhemos nosso pai terrestre que também precisa do Pai do céu. Muitas vezes precisaremos dar um “colinho” pro nosso pai. Mesmo que ele pareça não querer.

Imagine o que passa na cabeça de um pai que busca sustentar dignamente sua família, mas não está conseguindo trabalho. Quer levar seus filhos para Jesus, mas seus filhos o ignoram e se zangam com ele porque estavam na farra até de madrugada e agora querem dormir. ...

Como pai, posso dizer que não existe tarefa mais árdua e mais prazerosa na vida. Não há como explicar.

pai e filho de mãos dadas Como filho, preciso dizer que muitas vezes achei que meu pai soubesse e não lhe disse: “Pai, eu amo o senhor”... É claro que ele sabe. Mas certamente gostará de ouvir de novo. Assim como nós gostamos de ouvir sempre de novo: Deus amou vocês e quer levar vocês à vida eterna. Busquem o Senhor, como filhos buscando seu pai, “Pai, meu Pai”, amém.

Ore: Pai do céu. Ensina-nos a amar nossos pais, assim como o Senhor nos amou. Amém.

Rev. Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ