domingo, 23 de janeiro de 2011

Nem pai, nem mãe

Ainda que o meu pai e a minha mãe me abandonem, o Senhor cuidará de mim. (Salmo 27.10)

RecemNascidoÉ verdade que existem pais e mães que são ruins para seus filhos. E, embora pareça que o número vem aumentando, eles são minoria. A maioria dos pais quer bem aos seus filhos. Ama, protege, ampara…

É nesses pais que o salmista está pensando. E para ele é impossível que um pai e uma mãe abandonem seus filhos. Mas mesmo que isso fosse possível, ainda assim o Pai do céu cuidará dos abandonados.

O Senhor cuida de nós diariamente. É dele que recebemos as forças para trabalhar e, honestamente, conseguir nosso sustento. É dele que vêm as forças para supurtar as tribulações desta vida e para enfrentar as tentações que nos cercam “como um leão” que quer nos devorar. É do Pai que recebemos nossa salvação, por meio da fé em Jesus Cristo.

Então, mesmo que seu pai e sua mãe te abandonem, ainda assim, o Senhor te acolherá e integrará à Família do Pai. Entre aqueles que tiveram suas roupas lavadas no sangue do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. E a sua herança é a vida eterna. Amém.

Ore: Senhor Jesus, gaças te dou porque me chamaste à fé e porque me deste o dom da Salvação. Abençoa a mim e dá a fé a todos quantos andam por aí abandonados. Por teu nome, amém.

Rev. Jarbas Hoffimann
Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB)
Nova Iguaçu-RJ
20110120