domingo, 23 de janeiro de 2011

Nem “só” de pão…

 

Jesus respondeu: — As Escrituras Sagradas afirmam: “O ser humano não vive só de pão, mas vive de tudo o que Deus diz.” (Mateus 4.4)

Pão pretoImagine se fosse você que tivesse sobrevivido à tragédia da Região Serrana do Rio de Janeiro… Uma das frases que mais se ouviu nos primeiros dias pós-tragédia foi: “eu perdi tudo”, mas alguns completavam: “tudo não, pois fiquei com a vida”.

É fato, muitos ficaram apenas com a vida e só isso. Perderam amigos, parentes e pertences. Eu não perdi amigos, não perdi familiares, mas já tive quase tudo roubado, certa vez. E consigo entender bem uma frase, dita por um senhor, no meio desse turbilhão de desgraças. Ele estava sendo obrigado a sair de sua casa, porque esta está condenada pela Defesa Civil. Ele disse: “seria melhor ter morrido do que passar por essa angústia toda.” Isso é um grito de socorro de alguém que não perdeu a vida, mas dos poucos bens que tinha para viver, agora está sendo privado.

Quando tentado a ser dono do mundo, Jesus respondeu que o ser humano vive é da palavra de Deus. Todos sabemos disso. O que Jesus está fazendo é dando a importância certa para cada coisa. Ele não está simplesmente desprezando as coisas materiais (que são bênção do Senhor). Ele está dizendo que acima de tudo está Deus e sua misericordiosa Palavra. Mas perder “tudo” é muito difícil. Você levanta um monte de por quês. Você fica tentando entender e fica frustrado simplesmente com o fato de ter que começar tudo novamente. E Jeus diz que “nem só de pão”, mas precisa sim do “pão”.

Mas se a gente tiver que escolher entre o que é mais importante, não há dúvida: é permanecer na fé em Jesus Cristo, mesmo que vamos perder a vida. Pois do que adianta alguém ganhar o mundo inteiro e perder a alma?

Que o Senhor dê conforto a todos que “perderam tudo” e muita força para trabalharem honestamente e conseguirem tudo e ainda mais novamente. Que o Senhor abra as portas e janelas dos céus para derramar bênçãos sobre bênças a todas as pessoas que lhe são fiéis. Amém.

Rev. Jarbas Hoffimann
Igreja Evangélica Luterana do Brasil (IELB)
Nova Iguaçu-RJ
20110121