sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

O Senhor tirou-em da lama

Tirou-me de uma cova perigosa, de um poço de lama. Ele me pôs seguro em cima de uma rocha e firmou os meus passos. (Salmo 40.2)

Quanta gente esteve soterrada! Quantos pereceram em um poço de lama! Estou pensando mesmo na tragédia que se abateu sobre o lindo Estado do Rio de Janeiro e sobre a magnífica escultura do Senhor, que é a Região Serrana.

Logo me vem à mente a imagem daquela senhora sobre a casa (vídeo acima), quando a correnteza ia ficando cada vez mais e mais forte… Parte da casa desmorona. E a senhora nem tem onde se segurar. Nesse momento aparecem vizinhos (que pareciam um pouco mais seguros) atiram uma corda que aquela senhora amarra à cintura. Ela ainda tenta levar consigo seu fiel amiguinho (um cão), mas não é possível salvá-lo. Ela é içada a mais de 10 metros. Uma corda, numa situação que para alpinistas já seria complicada, uma senhora idosa é levada até um local seguro. Ela foi literalmente “tirada de uma cova perigosa”.

Davi passou por muitos momentos difíceis e neles, certamente ele teve a impressão de que não sobreviveria. E por suas próprias forças, não sobreviveria mesmo. Mas acontece que o Senhor lhe jogou a corda, amarrou em sua cintura e o resgatou, colocando-o em segurança. Por isso ele sabia sempre a quem recorrer no momento do Perigo.

Vamos continuar orando pelas pessoas da Região Serrana e também de São Paulo que estão sofrendo com as chuvas. E que o Senhor faça por elas o mesmo que fez por Davi: que as tire das covas de lama e as coleque em segurança, num lugar seco e quentinho. Amém.

Rev. Jarbas Hoffimann
20110114 – Nova Iguaçu-RJ