terça-feira, 26 de junho de 2018

Sossegai - Contralto


Vários vídeos deste e outros hinos já estão disponíveis, outros serão enviados diariamente. Inscreva-se e ative o "sininho" para receber as notificações.

Pedidos e sugestões no próprio youtube.
Ou donde me achar: @pastorjarbas

Sossegai - barítono


Vários vídeos deste e outros hinos já estão disponíveis, outros serão enviados diariamente. Inscreva-se e ative o "sininho" para receber as notificações.

Pedidos e sugestões no próprio youtube.
Ou donde me achar: @pastorjarbas

Sossegai - baixo





Vários outros vídeos deste e outros hinos entrando diariamente.
Assine, para ser avisado.



Faça seus pedidos no próprio youtube.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

sexta-feira, 8 de junho de 2018

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Erguei as vozes jubiantes

Erguei as vozes, jubilantes: Pastor Jarbas

Para ver os vídeos de ensaio de cada voz, acesse o canal do youtube:
www.youtube.com/pastorjarbas

Inscreva-se e ative as notificações (o sininho) para ser informado sobre as postagens de vídeos do canal.

Também é possível ver os vídeos em www.musicaluterna.blogspot.com.
Quando houver mid e pdf, estarão nesta página do site PastorJarbas: Palavra Candada

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Oração de Habacuque

Não tenho como manter a partitura online, pois uso a versão free do musescore, que só permite 10 partituras online.
Assim, se precisar, entre em contato.

Veja os vídeos de ensaio.
Soprano | Contralto | Barítono | Baixo | 4 vozes
Quando houver mid e pdf, estarão nesta página do site PastorJarbas: Palavra Cantada

segunda-feira, 4 de junho de 2018

É sábado

Marcos 2.23-28

23Num sábado, Jesus e os seus discípulos estavam atravessando uma plantação de trigo. Enquanto caminhavam, os discípulos iam colhendo espigas. 24Então alguns fariseusperguntaram a Jesus:
— Por que é que os seus discípulos estão fazendo uma coisa que a nossa Lei proíbe fazer no sábado?
25Jesus respondeu:
— Vocês não leram o que Davi fez, quando ele e os seus companheiros não tinham comida e ficaram com fome? 26Ele entrou na casa de Deus, na época do Grande Sacerdote Abiatar, comeu os pães oferecidos a Deus e os deu também aos seus companheiros. No entanto, é contra a nossa Lei alguém comer desses pães; somente os sacerdotes têm o direito de fazer isso.
27E Jesus terminou:
— O sábado foi feito para servir as pessoas, e não as pessoas para servirem o sábado. 28Portanto, o Filho do Homem tem autoridade até mesmo sobre o sábado.

Reflita:

Os fariseus acusavam Jesus e seus discípulos de estarem quebrando a Lei (Mc 2.24).
E a Lei do Sábado foi dada por Deus, como é repetido em Deuteronômio 5.12-15. Até com detalhes de como cumprir.
Hoje em dia está se tornando popular novamente o ensino da Lei (se é que algum dia deixou de ser). Vivemos numa época de legalismo. Tem lei pra tudo nas "igrejas". Tipo de roupa, corte de cabelo, quantas vezes ir ao culto... Ofertas (des)ordenadas... Pastores "determinando" até pra Deus, ora veja...
Não é de se admirar que a lei do sábado ganhe força novamente.

Mas qual é, de fato, o problema?
Guardar o sábado (o dia), não é. Pois nós também temos cultos aos sábado, por exemplo.
Bíblia da Reforma, nota de Êxodo 20.8:  "Lembra-te". Preste atenção a. "sábado". O termo hebraico "sábado" significa "descansar" ou "parar". para "santificar". Manter o dia especial, separando-o dos outros dias. É um dia dedicado ao descanso e ao culto. Conforme Deuteronômio 5.12-15 para uma ênfase no culto como uma forma de vivenciar novamente os atos salvíficos de Deus.
Podemos traduzir "sábado" por "descanso" ou "parada".
Se o problema não é o "dia" da semana, qual é?
O problema é achar que a lei salva. E ela não salva.

A Lei condena
A Lei nos mostra que estamos errados. Romanos 3.20: "Pois ninguém é aceito por Deus por fazer o que a lei manda, porque a lei faz com que as pessoas saibam que são pecadoras."
Mas vamos supor que o sábado (o dia de sábado) salvasse. Aqueles fariseus ainda tinham outro problema. Eles tinham desvirtuado o sábado (o descanso, o parar). Usavam o sábado como desculpa para não ajudar ao necessitado. Não era mais o dia dedicado ao Senhor, mas tinha virado o cumprir de um ritual... E o templo tinha virado uma casa de negócio (bem como as sinagogas).
Sabemos que Jesus é o Senhor do Sábado. Ao se referir à história do Rei Davi, Jesus afirma que é maior do que ele. Os fariseus, mostrando que não ligam para o "bem" que possa ser feito num sábado, o que fazem? (Veja acima, Marcos 3.2,6)

O verdadeiro sentido do sábado tinha se perdido. Já não era mais um dia de se alegrar na presença do Senhor. Tinha se tornado um fardo a ser suportado... Uma obrigação.
Jesus, então, demonstra na prática o sábado: distribuindo amor, perdão, cuidado...
Será que hoje também não abandonamos o sentido do dia de descanso? Talvez não pelos fardos dos fariseus, mas pelas agendas cheias. São tantos compromissos, afazeres, confraternizações, viagens, campeonatos...
Tenho a impressão que o dia do descanso está perdendo, ou já perdeu muito de seu sentido, que é parar para "ter um tempo para o Senhor". Para ouvir sua Palavra, receber a Ceia, louvar como família da fé.
Mas textos como o Salmo 81 e 2Coríntios 4.5-15 nos convidam ao louvor e à adoração sincera.

É sim para visitar os amigos...
Festejar...
Pintar a casa e cortar a grama...
Jogar vídeo game com os filhos...
Passear...
E tudo mais que a liberdade em Cristo permita.
MAS o "dia do descanso" que pode ser sábado, domingo ou qualquer outro dia é principalmente para o Senhor. Para estar na igreja, para aprender mais da Palavra.
Não deixe que criem novas leis para você. Jesus cumpriu a lei para a nossa libertação. Inclusive do sábado. E hoje, os cristãos, em sua maioria, preferem o culto no domingo para relembrar o dia em que Jesus ressuscitou, vencendo a morte. Vivemos, lembrem, os dias da Nova Aliança.
Não é pelo sábado que somos salvos. Somos salvos pela graça de Deus, pela fé em Jesus Cristo.
Que ele nos abençoe nesta liberdade. Amém.