Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Culto Luterano - O culto litúrgico 2

B. Conhecendo a História É praticamente impossível compreender o culto luterano sem conhecer a história do culto litúrgico. A Igreja Luterana, por natureza, é conservadora teológica e liturgicamente. As igrejas reformadas do século XVI sustentavam que somente práticas ordenadas pelas Escrituras deveriam ser mantidas no culto público. Os reformadores luteranos adotaram um princípio mais conservador. Os luteranos estavam convencidos de que somente o que fosse proibido pela Escritura deveria ser abolido. Dessa forma, a Igreja Luterana não promoveu uma ruptura radical com a Igreja da pré-reforma, e sim, uma continuidade com tudo que aconteceu nos primeiros 1500 anos. Mais, os reformadores luteranos entenderam-se como herdeiros das práticas de culto do AT. As igrejas reformadas acreditavam ser possível retornar aos dias da simplicidade primitiva dos apóstolos. Os luteranos entendiam que isto era impossível, pois havia uma interveniência de 1500 anos de história. Os luteranos se reconheciam …

Culto Luterano - O culto litúrgico 1

II - O Culto Litúrgico - História e Teologia A. Definindo Termos Não é fácil falar e definir um assunto que é tão amplo como a história do próprio homem. Mas, precisamos fazê-lo de alguma forma, pois é importante entender o que estamos fazendo quando nos reunimos. James F. White nos serve de auxílio nessa grandiosa empreitada, mostrando como diferentes pensadores protestantes, católicos e luteranos usam o termo. Escrevendo a partir da tradição metodista, o professor Paul W. Hoon define a vida cristã como sendo uma vida litúrgica. O culto para ele está vinculado diretamente aos eventos da história da salvação. Para ele, o núcleo do culto é “Deus agindo para dar a sua vida ao ser humano e para levar o ser humano a participar dessa vida”. As palavras-chave na compreensão de Hoon sobre culto parecem ser “revelação” e “resposta”. Trata-se, portanto, de uma relação recíproca em que Deus toma a iniciativa em relação ao homem por meio de Jesus Cristo e nós, por meio de Jesus Cristo, respondemo…

O culto luterano - Palavras indrodutórias

Estou revisando material "publicado" na Convenção Nacional 56.
Então, à medida que for concluindo, será postado aqui.
Trata-se de orientações elaboradas pela Comissão de Culto da IELB.

O Culto Luterano I - Palavras IntrodutóriasA IELB vem trabalhando esse tema — culto, ou aspectos ligados ao culto há muito tempo. Exemplos: ·Por treze anos uma comissão trabalhou na reforma do Hinário Luterano, o qual foi editado em 1986. ·A produção de material complementar: hinos para Missões (1a Edição em 1968 com 54 hinos), produções independentes (Love Songs - Louvor, composto e impresso por Arnaldo Koller em 1977, com 130 cânticos; Musi Jovem, coletânea de cânticos e hinos para jovens, compilada por Gijsbertus van Hattem, DIPA, 1a edição 1980, com 100 hinos); hinários para jovens (Todos os Povos o Louvem, JELB, 1a edição 1982, com 104 hinos) e crianças (Cânticos de Louvor - Vol 1, 2a edição 1986, com 113 hinos e Cânticos de Louvor - Vol 2, 1a edição 1990, com 65 hinos), estudos em Convençõ…

Prepare-se. Venha com sua caravana.

A história de Martinho Lutero (animação em Playmobil)