Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

O peso do pecado

Rm 5.12-19Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).A Paz do Senhor esteja com vocês. Amém.Queridos irmãos e irmãs em Cristo.Certa vez um pastor estava falando sobre o pecado e suas consequências. Disse ele:— O pecado é um fardo pesado para o ser humano. O pecado incomoda e angustia. O pecado nos deixa tristes e cansados. O pecado é pesado e, por isso, necessitamos que o Salvador Jesus remova o peso de nossas costas. E assim ele falou sobre o peso do pecado...Depois do culto, conversando com um rapaz, aquele pastor voltou a falar do peso do pecado, mas o rapaz interrompeu:— O pecado não tem peso. Eu não sinto o peso do pecado em minha vida como o senhor disse que o cristão sente.Então o pastor perguntou:— Se você colocasse uma pedra de 500 kg sobre o peito de um homem morto ele sentiria o peso?— É claro que não — respondeu o jovem.— Pois assim é — disse o pastor —, quem não sente o peso de seu pecado é porque…

Boicote às Olimpíadas

Por ser um espetáculo dedicado aos deuses da Grécia antiga, o imperador cristão Teodósio I, no ano 393, proibiu os Jogos Olímpicos. Conta a história que os atletas sacrificavam porcos aos deuses e participavam nus nas provas para cultuar a estética do corpo. Em parte, os jogos modernos permanecem enaltecendo o “espírito de porco” da humanidade, coroados no altar da soberba humana. Todos sabem da opressão que enfrenta o povo chinês para erguer o seu império e agora a estrutura extravagante da Olimpíada. Truculência que é comprovada no choro dos chinesinhos confiscados de suas famílias para centros de treinamento esportivo – tudo na obsessão de ganhar medalhas. Na verdade, a festa esportiva que simboliza a harmonia entre as nações está comprometida por uma cínica guerra de poder e vaidade, algo parecido com o jogo de interesses econômicos que derrubou o acordo na Rodada de Doha.
Muitos estão rejeitando a Olimpíada de Pequim por causa da opressão no Tibete. O canetaço de Teodósio que aca…