domingo, 12 de setembro de 2010

Deus não olha o seu passado

1Tm 1.5-17
16º Domingo após Pentecostes


Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

Sl 119.169-176; Ez 34.11-24; 1Tm 1.5-17; Lc 5.1-10


A Paz do Senhor esteja com todos vocês. Amém.

Querido irmão em Cristo...

O que é que vocês estavam fazendo ontem às 11 horas e 3 minutos da manhã? O que foi que vocês comeram anteontem? Quais as pessoas que vocês viram na última terça-feira? Como foi sua vida no passado?

Pode ser que vocês não se lembrem de muitas coisas. Mas também certamente há outras que vocês não conseguem esquecer. Talvez uma grande alegria... Talvez uma grande tristeza... Talvez um pecado que os atormenta ou uma briga que ficou mal resolvida. E ficou na linha do tempo de nossa vida.

Cada um de nós sabe que para Deus o tempo não existe. Ele é eterno. E sobre Deus, o apóstolo Pedro diz: “Meus queridos amigos, não esqueçam isto: para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia.” (2Pe 3.8)

olhar para trás Para Deus não existe passado, nem futuro, pois em sua eternidade tudo é sempre presente. Ele conhece nosso ontem melhor do que nós conhecemos nosso hoje. Sabe antes de nascermos o que faremos amanhã. Ele sabe se seremos salvos ou condenados ao inferno. Por isso ele chama todos ao arrependimento e à fé em Jesus Cristo. Porque ele quer salvar a todos.
Mas será que Deus quer a nós também?
Será que, por aquilo que fizemos no passado, merecemos ser salvos?
Muitas pessoas se deparam com estas perguntas e começam a pensar em seu passado:
— Eu fiz isso ou aquilo e Deus não me aceitará por causa do pecado!
— Será que Deus me quer mesmo eu tendo sido um ladrão?

— Será que Deus me quer, mesmo eu tendo traído minha esposa?

Notem que estes exemplos não tratam de pessoas que ainda roubam ou que ainda são infiéis. Mas sim pessoas que cometeram pecados e se arrependeram.

Será que Deus aceita estas pessoas, apesar de sua vida passada?

É claro que sim!

E isso porque “Deus não olha para o passado de ninguém, mas ele olha pro presente.”

Ele não quer saber se você pecou. Quer saber se você está arrependido e não vai pecar mais.

Ele não quer saber se você não tinha fé em Cristo. Quer saber se você agora crê.

Deus não conta os pecados de quem se arrepende. “Ele apaga o pecado do pecador que se arrepende.” Como diz o Sl 51.1: “Por causa da tua grande compaixão apaga os meus pecados.”

Deus apaga os pecados do pecador arrependido, assim como apagou os pecados de Paulo. O apóstolo era um perseguidor de cristãos. Ele queria acabar com todos.

Deus não olhou para o passado de Paulo.

Deus ofereceu perdão a Paulo e ele arrependeu-se e creu em Jesus Cristo. Deus não olhou pro passado de Paulo, mas para o presente e o futuro que ele teria como grande missionário da fé em Jesus Cristo.

Na própria opinião de Paulo ele não se achava digno de sequer crer em Jesus, muito menos de ser sua testemunha e apóstolo.

Realmente Paulo não era digno, mas ninguém é digno de ser chamado filho de Deus. Assim nos lembra Ec 7.20: “Não existe no mundo ninguém que faça sempre o que é direito e que não erre.”

Mas graças a Deus ele não olha nossa vida no passado. E também não é nossa vida que nos torna dignos da salvação. A fé em Jesus é que faz isso: Quem crê em Jesus Cristo tem a vida eterna. (Jo 3.36; 6.47).

Por pior que você pense ter sido seu pecado. Em Cristo há perdão, vida e salvação. Pois Deus, pela fé em Jesus Cristo, perdoa seu pecado. Seja ele qual for. E te dá novas forças para seguir sem pecado. Assim como ele disse à mulher adúltera em Jo 8.11: “Vá e não peque mais.” Disse também ao paralítico curado em Jo 5.14: “Escute! Você agora está curado. Não peque mais, para que não aconteça com você coisa ainda pior.”

Se Cristo perdoou Paulo que o perseguiu. Perdoou Pedro que o negou. Perdoou a mulher adúltera e muitos outros de má fama... Porque este Senhor tão maravilhoso não perdoaria também o nosso pecado? Seja ele qual for...

Deus não olha para o seu passado. Ele olha para o seu presente. Vê se você tem fé em Cristo e se está arrependido de seus pecados. Vendo isso, ele te dá a salvação eterna.

Mas porque ele faz isso de graça?

Porque é um Deus de amor e misericórdia. É um Deus justo e compassivo. Esse é o nosso Deus Pai, nosso Deus Filho Salvador e nosso Deus Espírito Santo. Um único e verdadeiro Deus que vem a nós na sua Palavra, na Santa Ceia e no Batismo. O Deus de Abraão, Isaque e Jacó. O meu Deus e o Deus de todo que nele crê.

a-mulher-de-lo2-300x300 É o Deus que quer operar a salvação em cada um de nós e também por meio de nós chegar a outros.
Assim como Deus não olha nosso passado, ele também não olha o passado de ninguém para dar a Salvação. Por isso ele quer que nós falemos de nossa fé.
Tantos falsos profetas estão falando por aí. Vendendo suas porcarias ditas milagrosas e protetoras. E nós que temos a fé que salva, muitas vezes ficamos calados.
Esqueça seu passado. O pecado está perdoado. Levanta, segue o seu caminho e não peque mais. E Jesus te convida para essa tarefa maravilhosa de salvar almas.
Venha à igreja, faça sua oferta, cante a Deus e depois, vá ao mundo e conte tudo o que Deus tem feito por você. Como ele tem te dado fé, saúde, comida, trabalho. Paciência no sofrimento e tantas outras coisas.

Assim, mais e mais pessoas serão salvas. E nós todos juntos receberemos a herança eterna, garantida pelo Sangue de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Que Deus nos abençoe. Amém!

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus.” (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ

Soli Deo Gloria