segunda-feira, 14 de maio de 2012

Continuem unidos com Cristo

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

João 15.9-17

Continuem unidos com Cristo

Queridos irmãos em Cristo.

A Paz do Senhor Jesus esteja com todos vocês. Amém.

Muita gente se diz cristão. Muitas pessoas se dizem religiosas. Fala-se de religiões em vários níveis.

Existe o nível genérico do “acredito numa força superior”.

Existe o nível um pouco mais aproximando do “eu acredito em Deus”. Mas se você pede a definição deste Deus, aparece algo como uma força motora que rege toda as coisas. Talvez comparável à energia elétrica que ilumina nossas casas.

Existe o nível daqueles que veem Deus como um servo, ao qual podem exigir tudo que desejam.

Assim existem muitos outros níveis de crença.

Quem nunca viu uma camiseta onde estava escrito em letras garrafais: “FÉ”?

Se viu, você nunca se perguntou: seria fé em quê?

Por que a fé pode ser muita coisa:

Fé que vai passar numa prova.

Fé que vai conseguir um emprego pelos esforços próprios.

Fé que vai ganhar uma corrida, pois está bem preparado...

Mas no fim...

Para a Salvação...

A única fé que importa é a fé em Jesus Cristo.

É esta fé que nos coloca no nível certo da religiosidade. Porque esta fé em Jesus nos coloca unidos a Cristo e, portanto, unidos ao único Deus verdadeiro.

E é o Senhor que hoje nos diz: “Assim como o meu Pai me ama, eu amo vocês; portanto, continuem unidos comigo por meio do meu amor por vocês.” (Jo 15.9).

Todo mundo quer estar unido a Cristo. Aliás, nem todo mundo. Alguns preferem se unir a tudo quanto é coisa, mas se afastam de Cristo.

Então vamos ficar entre cristãos.

Todos os cristãos querem estar unidos a Cristo. Isso exige compromisso. E é isso que o Senhor diz logo no versículo seguinte: “Se obedecerem aos meus mandamentos, eu continuarei amando vocês, assim como eu obedeço aos mandamentos do meu Pai e ele continua a me amar.” (Jo 15.10).

Isto não é uma repreensão é um chamado ao compromisso. O mesmo compromisso que Deus fez ao dar os mandamentos, quando pergunta ao povo:

Vocês querem fazer uma aliança comigo?

E vem a resposta:

“Então todos responderam ao mesmo tempo:

— Nós faremos tudo o que o Senhor ordenou.

E Moisés levou essa resposta ao Senhor.” (Êx 19.8)

O povo respondeu que queria fazer o compromisso.

Aí Deus deu os mandamentos. Que mais que uma lei são uma segurança. Pois onde os mandamentos forem cumpridos, ali a proteção de Deus reina também. Onde se cumpre o “não cometerás adultério”, ninguém destruirá seu casamento por causa de outro pedaço de carne. Onde se respeitar o quarto mandamento os pais serão respeitados e a família viverá bem.

Nós fizemos um compromisso que nos uniu com Cristo. Foi no momento do nosso batismo. E Deus continua vindo a nós sempre, para renovar sua parte no compromisso:

“eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.” (Mt 28.20).

E ele faz isso no perdão dos pecados, na Santa Ceia, nos cultos, na leitura bíblica. Cumpre com o compromisso de cuidar da nossa saúde, de nos dar proteção nos perigos, de nos amparar nas tristezas e tudo mais.

É triste quando uma pessoa desconfia da outra. Como pode uma amizade permanecer onde falta confiança? Vocês deixariam um conhecido ladrão vigiando a casa de vocês enquanto viajam? Certamente não.

Deus, mesmo sabendo que somos pecadores, nos deu mais que um voto de confiança. Em seu Filho Jesus Cristo ele nos dá a salvação. Ele nos coloca no caminho da vida eterna e assume um compromisso conosco. Compromisso que ele faz tudo para conservar, mas que nós insistimos em quebrar ou burlar. E fazemos isso com os pecados, com a desatenção à Palavra de Deus. Vivendo não como Cristo ensina, mas como nós achamos que devemos para ser felizes a qualquer custo.

Estar unido com Cristo, nem sempre será fácil. Virão tempos difíceis e sempre terá uma voz soprando aos ouvidos dizendo que estaríamos melhor sozinhos.

Num filme que assisti certa vez, foi dito o seguinte: “o diabo sempre dará carona para aquele que quiser se afastar de Deus.” E é verdade. O mundo quer nos afastar de Deus e se nós ignoramos nosso compromisso com Deus, nos perderemos eternamente.

Queridos irmãos em Cristo.

Jesus nos amou tanto, que deu sua vida por nós. Para que nós tenhamos vida. Não somos empregados, mas amigos de Jesus e estamos unidos a ele pela fé nele. Ele nos escolheu.

E hoje ele nos convida a uma vida de compromisso. Uma vida de viva esperança em Jesus Cristo. Uma vida que espera a salvação, pois sabe em quem confia. Confia em Jesus Cristo...

E unidos a Cristo, nos unimos também ao irmão. Nos tornamos uma única grande família da fé. Que trabalha unida num mesmo objetivo: permanecer no compromisso com Deus e levar a Palavra de Deus a todos quantos precisam dela. Porque todo aquele que crê em Jesus Cristo, este será salvo.

E um aviso final: se você ouve falar do compromisso com Jesus e pensa que isso é coisa pros outros, muito cuidado, pois você está se afastando de Deus. Arrependa-se e seja salvo.

E pra você que ouve falar deste compromisso e quer seguir firme por este caminho, continue! Pois o Espírito Santo está com você e te guiará até o final. Unindo cada vez mais você com o Senhor Jesus Cristo. O que te garante a vida eterna. Unidos com Cristo, seguiremos até o final. Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Rev. Jarbas Hoffimann
Congregação Castelo Forte
Igreja Evangélica Luterana do Brasil
Nova Venécia-ES