segunda-feira, 2 de julho de 2012

Não tenha medo, tenha fé!

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês!
(2Co 13.13).

Não tenha medo; tenha fé!

Queridos irmãos em Cristo.

Imaginem aquela situação. Jesus está saindo do barco e ao sair logo tem à frente Jairo, um pai preocupado de uma filha muito doente.

Jesus vai com ele, mas tinha muita gente em volta. Entre eles havia uma mulher que tinha uma hemorragia crônica. E, para desespero de Jairo, aquela mulher faz Jesus parar para atende-la.

A pergunta de Jesus aos discípulos parece meio ridícula: “Quem me tocou nas vestes?” (Mc 5.30).

Tinha muita gente, como saber quem tinha tocado Jesus, entre tantos? Mas a pessoa que tocou Jesus tocou por causa da fé e Jesus a curou.

Maravilhoso! Mas para Jairo, cada segundo era importante e Jesus tinha parado pra procurar quem tinha tocado em suas roupas...

E no meio dessa pequena confusão vêm algumas pessoas da casa de Jairo e dizem que não adianta mais, pois a menina já tinha morrido.

A morte é sempre surpreendente, mesmo que seja esperada. Seja ela ao nascer ou com idade avançada.

Pior ainda é para um pai, ter que sepultar seu filho. Por isso se coloquem no lugar de Jairo. Lembrem também de todo mal que os chefes dos judeus causaram a Jesus.

Pois bem, Jairo era o “chefe da sinagoga” (5.22), que era alguém encarregado do bom andamento do culto público.

Quando Jairo vê que sua filha está morrendo, ele vai procurar Jesus. Nada mais interessa, pois a vida de sua filha estava em risco. Perto de Jesus, Jairo “se joga aos pés de Jesus, pedindo com muita insistência: — A minha filha está morrendo! Venha comigo e ponha as mãos sobre ela pra que sare e viva!” (5.22-23).

Mas como lemos, antes de conseguirem ir, Jesus é parado por uma mulher que sofria havia 12 anos. Olhando para a mulher, Jesus lembra:

—Minha filha, você sarou porque teve fé. Vá em paz; você está livre do seu sofrimento. (5.34).

Este acontecimento não alegrou apenas àquela mulher. Certamente Jairo teve a confirmação de que buscou ajuda no lugar certo.

Mas a alegria vira tristeza novamente: “chegaram alguns empregados da casa de Jairo e disseram: —Seu Jairo, a menina morreu. Não aborreça mais o Mestre.” (5.35).

Esta frase é muito parecida com outro texto bíblico...

Marta, irmã de Lázaro disse a Jesus:

“Se o senhor estivesse aqui, meu irmão não teria morrido.” (Jo 11.21).

Mas Jairo tinha feito a coisa certa. Ele recorreu à fonte da nossa esperança: Jesus Cristo. Aquele que é a ressurreição e a vida.

Quando percebe que Jairo está profundamente entristecido, Jesus olha para ele e diz:

“Não tenha medo; tenha fé!” (5.36)

Para chegar até Jesus, Jairo despiu-se de tudo que o impedia de chegar perto do Mestre:

1) Colocou de lado os seus preconceitos;

2) Deixou de lado sua vaidade de chefe da sinagoga.

3) Sujeitou-se a outra pessoa, quando se ajoelhou diante de Jesus.

4) Reconheceu em Jesus a única esperança e foi atrás dele.

Assim como a morte vem sem avisos, também acontecem muitas coisas ruins em nossas vidas. Não é por acaso que os vendedores de milagres estão lotando templos de um deus inexistente. Um deus-edir, deus-valdemiro, ou qualquer outro destes mercadores de promessas falsas e carniceiros do sofrimento alheio.

Os problemas e dificuldades sempre existirão enquanto este mundo existir. Mas para os filhos de Deus Jesus diz: “Não tenha medo; tenha fé!” (5.36).

Faça como o profeta Jeremias, que no capítulo principal de suas Lamentações diz: “o amor do Senhor Deus não se acaba, e a sua bondade não tem fim.” (Lm 3.22).

É este mesmo Deus que olha por você todos os dias. Que vê o sofrimento pelo qual você está passando, mas que prometeu e vai te salvar.

O inimigo quer que você pare de crer. Quer que você abandone Jesus, mas “Não tenha medo; tenha fé!”

A melhor tradução para esta frase, na verdade, seria: “Pare de ter medo e continue crendo.” Ou seja, continue no caminho do Senhor. É um caminho sempre bom no final.

Jairo continuou crendo e viu sua filha viva novamente. Mas as nossas esperanças em Jesus não são apenas para esta vida. São para esta vida e também para a vida eterna.

Quando os problemas vierem “pare de ter medo e continue crendo em Jesus”. Continue lendo a Palavra do Senhor. Continue participando dos Sacramentos. Assim é que Deus nos tira o medo e aumenta a fé.

É assim que o Senhor nos mostra que o amanhã pode e será melhor. Pois a nossa esperança está firmada no Senhor da Vida. Ele vive e nós também viveremos. Por isso, não tenha medo; tenha fé em Jesus Cristo. Só ele é a salvação verdadeira. Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)