domingo, 30 de outubro de 2011

Não mais escravos

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

Queridos irmãos em Cristo.

A Paz do Senhor esteja com todos vocês.

Nos livros de história e nas reportagens de TV e jornais vemos falar sobre escravidão. Sempre vemos o quanto é ruim ser escravo.

Anualmente vemos muitas reportagens sobre trabalhadores que viviam em regimes de escravidão ou semiescravidão, especialmente no centro e norte do Brasil. No interior de estados como São Paulo. Mas pode acontecer em qualquer lugar.

E ninguém gostaria de ser escravo. Porque o escravo não tem nenhum poder de escolha. Ele não tem salário. Ele apenas trabalha, em condições muito precárias. Muitas vezes não tem alojamento, não tem a comida necessária. Mas mesmo assim deve continuar trabalhando para poder continuar vivo. Ele não é dono de sua vida.

No texto do Evangelho de João, Jesus está falando sobre a escravidão. Ele diz aos seus ouvintes para eles crerem nele, pois só assim eles seriam realmente livres e não mais escravos.

Os judeus que ouviam Jesus disseram:

“Nós somos descendentes de Abraão e nunca fomos escravos de ninguém. Como é que você diz que ficaremos livres?” | Jo 8.33.

O que aqueles judeus não sabiam é que apesar de livres neste mundo, eles estavam presos a seus pecados. Eram escravos dos desejos da carne. Eram escravos do egoísmo... Da mentira... Da fofoca... Do desamor a Deus e ao próximo. Eram escravos da falta de compromisso com a fé. E Jesus não está falando a qualquer um. Jesus fala para aqueles judeus que creram nele, mas ainda confiavam em suas obras para ter a libertação do pecado.

Aquelas pessoas eram escravas porque, mesmo sabendo que o pecado desagrada a Deus, não conseguiam se livrar do pecado. E, muitas vezes, não queriam se livrar. Tava bom do jeito que tava.

Situações, como esta que Jesus aponta, vêm se repetindo com o povo cristão no decorrer dos séculos.

Quantos hoje são escravos de sua luxúria?

Quantos são escravos da desonestidade?

Quantos são escravos das bebedeiras e brigas? Do desamor a Deus e ao próximo?

E você? É escravo de coisas parecidas com estas?

Quem for escravo de seus pecados não terá salvação. Mas se você é escravo do pecado e quer se livrar dele, existe solução: Jesus Cristo, nosso único Salvador. Aquele que, com sua morte na cruz liberta todos do pecado e da morte eterna.

Jesus diz:

“Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem peca é escravo do pecado. O escravo não fica sempre com a família, mas o filho sempre faz parte da família. Se o Filho os libertar, vocês serão de fato livres.” | Jo 8.34-36.

Pode ser que pareça não fazer diferença entre o escravo e o verdadeiro filho de Deus. Afinal de contas, as portas da casa do Pai estão sempre abertas para todos que vêm aqui. E nem sempre é possível saber se uma pessoa realmente crê ou não crê em Deus...

As duas pessoas podem vir à igreja, mas aquele que escuta a Palavra do Pai celeste e não corrige sua vida, ainda continua sendo escravo. E o escravo será separado da família no devido momento. Quando apenas os filhos de Deus terão a vida eterna.

Aqueles que vêm à igreja, mas continuaram escravos do seu pecado, morrerão e ainda passarão pela segunda morte, que é o lago de fogo e enxofre, como nos diz Apocalipse. Lá no lago de fogo e enxofre, que representa os piores sofrimentos, os escravos do pecado ficarão para sempre. E terão todo o tempo da eternidade para se arrependerem. Infelizmente aquele arrependimento não servirá para mais nada.

É hora de pensar nas coisas que são lá do céu. Deixar de lado os pecados que nos cercam e buscar no Espírito Santo a fortaleza para resistir às tentações.

Viva sua fé de forma completa. Não apenas no fim de semana ou em uma ocasião ou outra. Não naquilo que você quer, mas naquilo que Deus quer. Seja cristão 100% do tempo.

Ser cristão é crer em Jesus Cristo. E uma vez que temos a fé que nos foi dada pelo Espírito Santo, temos Deus ao nosso lado para nos ajudar a resistir às tentações de Satanás.

Ser cristão é crer em Jesus.

Ser cristão é estar livre dos pecados.

Mas enquanto estamos no mundo continuamos pecadores, mesmo não sendo mais escravos do pecado. Porque o pecado não nos domina mais. Assim como diz Jesus:

“Se você continuarem a obedecer aos meus ensinamentos, serão, de fato, meus discípulos e conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” | Jo 8.31.

Você é escravo do pecado?

Em Jesus há liberdade pra você. E para todos que crerem.

Creia em Jesus Cristo e ouça o que ele tem a te ensinar na Bíblia. Confie nele até o fim e lembre-se que ele estará sempre junto de você para te proteger nos momentos de provação e tentação.

Venha à casa de Deus e leia a Bíblia para conhecer a verdade e ficar livre. Participe da Santa Ceia sempre que tiver oportunidade, pois a Ceia liberta do pecado também. E fortalece a sua fé no Salvador Maravilhoso que Martinho Lutero encontrou em seus estudos.

Seja filho de Deus e não escravo do pecado. Pois os filhos sempre farão parte da família. E têm a herança da vida eterna.

Que Deus te abençoe e te guarde, em nome de Jesus Cristo.

Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Venécia-ES

Glórias Somente a Deus