terça-feira, 17 de janeiro de 2017

E se o Valdomiro tivesse morrido?

Você ficaria feliz se o Valdomiro tivesse morrido no ataque? (que alguns já dizem ter sido simulado... Esperemos investigações). Mas acho que muitos ficariam felizes...
Eu não ficaria. E explico o óbvio: cristão nenhum fica feliz com a morte de qualquer outra pessoa. Mesmo que seja um falso profeta, como se supõe o líder da pomposa Igreja Mundial do Poder de Deus... Uma dissidência da Igreja Universal do Reino de Deus... De outro líder “exótico”. Mesmo que fossem bandidos, dentro de um presídio, brigando por comando.
O Senhor Jesus não ficaria feliz — nunca — quando um pecador morre sem arrependimento e se você acha que estes que citei são falsos profetas, se você acha que eles estão em pecado, o pior para eles seria morrerem sem o perdão e o verdadeiro Jesus em suas vidas. Assim como é o pior que pode acontecer comigo ou com você.
Jesus não fica feliz com nenhum pecador que se perde. Você, cristão, esqueceu disso? É muito fácil esquecer disso com tantas pessoas ensinando, “em nome de Jesus”, o que Jesus nunca ensinou. Vive-se uma teologia do “toma-lá-dá-cá”, na qual você faz sua “oferta” e “d’us” (vou escrever assim, porque não é assim que Deus é)... Então, esse d’us é obrigado a te “restituir”, “dar a vitória” e tantos outros jargões que se coleciona por aí. Mas essa teologia do “toma-lá-dá-cá” ensina que você dá uma coisa e merece outra... Assim, por assimilação, se você é criminoso, merece morrer... Se você é falso profeta, merece castigo...
Ainda bem que com Deus não é assim. Deus, quando nós não queremos saber dele, continua nos buscando. Continua procurando nos tratar com amor e oferecer o perdão. E ele faz isso não porque você oferta ou é dizimista. Ele faz isso porque é o Deus de amor que quer a salvação de todos os pecadores. Dos falsos profetas e dos criminosos também.
Não fique feliz quando alguém de quem você não gosta se dá mal. Ore por essa pessoa. Lembra?: “Orem pelos que perseguem vocês” (Jesus que disse)... Lembrem que Jesus, no alto da cruz, pediu: “Pai, perdoe... Eles não sabem o que fazem.”
Fique feliz com cada pecador que se arrepende. Ajude a pregar o perdão e o amor. De ódio e odiosos o mundo já está cheio o suficiente.
Jesus te ama... E ama ao Valdomiro também.

Jarbas Hoffimann é formado em Teologia e pastor da Igreja Evangélica Luterana do Brasil, em Nova Venécia. (pastorjarbas@gmail.com; facebook.com/pastorjarbas)

Estes e outros artigos são publicados no Jornal Correio 9, de Nova Venécia (curta para ser avisado das edições diárias, leitura completa online): https://www.facebook.com/correio9