sábado, 11 de julho de 2009

deus desperta profetas

6º Domingo após pentecostes

Que a graça do Senhor Jesus Cristo,
o amor de Deus
e a presença do Espírito Santo
estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

Texto Bíblico: Mc 6.14-29


Mensagem:

Deus desperta profetas


Queridos em Cristo.

O texto bíblico de hoje fala do acontecimento que acabou resultando na morte de João Batista.

Como nós bem sabemos, João era o precursor de Jesus Cristo. E as profecias diziam que o precursor precisava vir para abrir o caminho do Messias, como aconteceu...

João Batista era um profeta e o próprio Jesus diz "de todos os homens que já nasceram, João Batista é o maior" (Mt 11.11).

Mas a vida de uma fiel testemunha do Senhor, nem sempre é fácil. Fácil é ser falso profeta. Fácil é falar o que todos querem ouvir. E receber os aplausos. Porque parece que o ser humano tem prazer em ser enganado. Basta ver o texto do Antigo Testamento, escolhido para hoje, no qual Amazias aparece dizendo mentiras contra Amós.

Amazias vai aos ouvidos do rei Jeroboão e sopra: "Amós está planejando uma revolta contra o senhor no meio do povo. O que ele está dizendo põe o país em perigo. Ele anda falando assim: 'Jeroboão morrerá numa guerra, e o povo de Israel será levado como prisioneiro para fora do seu país.'" (Am 7.10-11).

Mas Amós não era profeta pra ganhar a vida. Ele era um servo dedicado de Deus, que queria servir o Senhor da melhor maneira possível. E a mensagem que Deus lhe deu foi de destruição, pois o povo tinha se esquecido da aliança com Deus. O povo tinha saído do prumo. E como um muro torto, estava prestes a cair. Amós foi chamado por Deus para abrir os olhos do povo, mas eles preferiam ouvir Amazias, que os enganava.

João Batista também anunciava a mensagem de Deus, mesmo que esta desagradasse algumas pessoas.

Numa destas ocasiões ele falou contra o casamento de Herodes com sua cunhada Herodias. Porque pela lei, mesmo que a mulher fosse separada, o casamento se constituiria em adultério. E era contra o adultério que João falava. Mesmo que fosse de uma autoridade. Que, por sinal, deveria dar o exemplo de cumprimento da lei.


É interessante notar também a atitude de Herodes, pois mesmo João falando contra ele, ele não tomou nenhuma atitude mais drástica. Diz o texto bíblico:

"Herodes tinha medo dele, pois sabia que ele era um homem bom e dedicado a Deus. Por isso Herodes protegia João. E, quando o ouvia falar, ficava sem saber o que fazer, mas mesmo assim gostava de escutá-lo." (v. 20).

O que acontece com Herodes é o que acontece com muitas pessoas. Conosco muitas vezes. Nós ouvimos qual é a vontade de Deus. Nós nos propomos a segui-la, mas na hora que a tentação vem, a gente se esquece de Deus e segue os desejos.

Alguém que refletiu muito sobre isso foi o Apóstolo Paulo, que escreveu:

"Assim eu sei que o que acontece comigo é isto: quando quero fazer o que é bom, só consigo fazer o que é mau. Dentro de mim eu sei que gosto da lei de Deus. Mas vejo uma lei diferente agindo naquilo que faço, uma lei que luta contra aquela que a minha mente aprova. Ela me torna prisioneiro da lei do pecado que age no meu corpo. Como sou infeliz! Quem me livrará deste corpo que me leva para a morte? Que Deus seja louvado, pois ele fará isso por meio do nosso Senhor Jesus Cristo!" (Rm 7.21-25)

Nós somos um pouquinho de cada personagem destes.

Somos como Herodes, ouvimos a Palavra de Deus e até gostamos dela. Gostamos do que ouvimos, mas quando a tentação vem, preferimos o pecado. Mas uma vez que Cristo habitar verdadeiramente em nós, não vamos apenas ouvir a Palavra de Deus e gostar dela. Também viveremos na Palavra de Salvação. Como lembra o Salvador Jesus:

"Mais felizes são aqueles que ouvem a mensagem de Deus e obedecem a ela." (Lc 11.28)

Uma vez salvos. Uma vez em Cristo, somos tornados uma espécie de João Batista, ou Amós. Sem querer nos comparar a estes grandes profetas.

Mas somos discípulos do Senhor Jesus, e portadores de sua mensagem. E Jesus nos enviou para salvar as pessoas. Nos envia para propagar a sua mensagem de consolo. Que primeiro consola a nós, depois a todos quantos se deixarem converter pelo Espírito Santo.

O rei Herodes resistiu.

Herodias, o mau em pessoa, quis fazer de tudo para tirar a Palavra de Deus de seu caminho. Ela queria usufruir do seu pecado sem ter que escutar ninguém falar contra. Herodias estava furiosa com João e usou sua filha, Salomé, para seduzir Herodes e convencê-lo a matar João. Assim ela pensava ter calado a Palavra de Deus.

Mas a Palavra de Deus não se cala. Deus sempre dá um jeito de sua palavra seguir o curso. E se nós nos calarmos, as pedras falarão. Pois a mensagem do Senhor Jesus não pode ficar oculta. Ela precisa alcançar a todos.

"Como dizem as Escrituras Sagradas: 'Todos os que pedirem a ajuda do Senhor serão salvos.'

Mas como é que as pessoas irão pedir, se não crerem nele? E como poderão crer, se não ouvirem a mensagem? E como poderão ouvir, se a mensagem não for anunciada? E como é que a mensagem será anunciada, se não forem enviados mensageiros? As Escrituras Sagradas dizem: 'Como é bonito ver os mensageiros trazendo boas notícias!'

Mas nem todos aceitam a boa notícia do evangelho. Foi Isaías quem disse: 'Senhor, quem creu na nossa mensagem?' Portanto, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem vem por meio da pregação a respeito de Cristo." (Rm 10.14-16).

A mensagem quer chegar a todos.

Deus levantou muitos profetas, entre eles, Amós, João Batista, o próprio Jesus, que era mais que um profeta. Chamou e enviou discípulos. E sua mensagem continua chegando.

Todos aqueles que ouvirem a mensagem e crerem em Jesus Cristo, serão salvos. É este o objetivo da fé e da igreja Cristã: testemunhar Jesus, para que todos sejam salvos. Que Deus nos abençoe neste trabalho de salvação. E que nós também, neste trabalho sejamos mais e mais fortalecidos na fé, enquanto levamos Jesus a outros. Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ

Glórias Somente a Deus