terça-feira, 29 de dezembro de 2009

A Minha alma anuncia a grandeza de Deus

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

maria e jesus A Paz do Senhor Jesus esteja com todos vocês. Amém.
Queridos irmãos, vocês ouviram a leitura do Evangelho para hoje, mostrando o encontro entre Maria e Isabel.
Maria foi escolhida para ser a mãe do Salvador Jesus Cristo.
Ela não era ninguém especial...
Mas Deus a tornou a pessoa mais especial de todas. Ela era uma pessoa comum, mas Deus a tornou a mãe do Salvador.
Maria era uma menina/moça pobre que, agora, tinha todos os motivos do mundo para se orgulhar e se achar melhor que os outros, mas Maria não se vangloria. Ao contrário, Maria reconhece a grandeza de Deus porque “O seu nome é santo” (Lc 1.49).
E cantando Maria diz: A minha alma anuncia a grandeza do Senhor. O meu espírito está alegre por causa de Deus, o meu Salvador.” (Lc 1.47).
Juntando nossas vozes à voz de Maria, nós também podemos dizer que:
a nossa alma anuncia a grandeza de Deus.
Porque Deus se lembra de nós e nos ajuda...
Vocês lembram quais foram os hinos que nós cantamos na semana passada? Vocês se lembram o que comeram no almoço de segunda-feira? Vocês alguma vez no ano se lembram dos mendigos desta cidade? Vocês se lembram dos irmãos que estão afastados da congregação?
Nós não nos lembramos muito. E, muitas vezes, nem em oração lembramos dos irmãos afastados ou dos necessitados...
Mas Deus se lembra de nós todos os dias.
E aqui, uma curiosidade: será que Deus se esquece?
Não. Deus não se esquece de nada, pois é oniciente.
Quando a Bíblia diz que Deus se lembra, ela está dizendo que Deus agiu. É isso que é o lembrar de Deus. É Deus agindo.
O nosso Pai sabe tudo. Sempre!
E quando Maria diz: Pois ele lembrou de mim, sua humilde serva!” (Lc 1.48). O que logo é completado por: “fez grandes coisas por mim.” (Lc 1.49).
O lembrar de Deus é proteção e ajuda. É isso que significa que Deus lembrou da gente, porque Deus não nos esquece nenhum instante de nossa vida.
Deus nunca nos desampara se estamos fazendo sua vontade e vivendo de acordo com o que ele quer. E mesmo quando estamos afastados, Deus nos procura, chama e busca para nos levar de volta à sua casa.
Às vezes, frente às dificuldades, pode parecer que Deus nos abandonou. Mas ele não faz isso. Quando somos perturbados por pessoas orgulhosas e presunçosas Deus lembra aos orgulhosos: “Quando a minha ira cair sobre vocês, ela os queimará como labaredas de fogo. Eu os entregarei a homens violentos, preparados para destruir.” (Ez 21.31). E Maria nos lembra: “Deus levanta a sua mão poderosa e derrota os orgulhosos com todos os planos deles. Derruba dos seus tronos reis poderosos e põe os humildes em altas posições. Dá fartura aos que têm fome e manda os ricos embora com as mãos vazias.” (Lc 1.51-53).
É Deus que controla tudo e nunca permitirá que aqueles que fazem o mal prevaleçam. Mas aqueles que forem humildes (não orgulhosos) é que reinarão com Deus na glória eterna por que: “Como um pai trata com bondades os seus filhos, assim o Senhor é bondoso para aqueles que o temem.” (Sl 103.13).
Por isso:
a nossa alma anuncia a grandeza do Senhor.
Porque ele lembra de nós para nos ajudar
e porque ele enviou Jesus Cristo para nos salvar.
Hoje é Natal. É o momento em que lembramos a primeira vinda de Jesus Cristo, mais ou menos 2009 anos atrás. Mas é também o momento de continuar esperando a segunda vinda de Jesus Cristo para julgar vivos e mortos e levar os salvos para a glória eterna.
Foi Deus que prometeu a Adão e Eva, ainda no jardim, que ele enviaria um Salvador. Muitos anos depois esta promessa foi cumprida, porque Deus cumpre todas as suas promessas. Um exemplo disso é o povo de Israel: “Ele cumpriu as promessas que fez aos nossos antepassados e ajudou o povo de Israel, seu servo. Lembrou de mostrar a sua bondade a Abraão e a todos os seus descendentes, para sempre.” (Lc 1.54-55). Para sempre. Este é o tempo que dura a bondade de Deus e a sua fidelidade em cumprir suas promessas.
Vemos muitas pessoas reclamando que se sentem sozinhas...
Quando nos sentimos sozinhos não é que Deus se afastou de nós, mas nós é que nos afastamos de Deus. Porque Deus mostra a sua bondade a todos os que o temem em todas as gerações.” (Lc 1.50). Ontem, Hoje e Sempre. Porque “Assim como é grande a distância entre o céu e a terra, assim é grande o seu amor por aqueles que o temem.” (Sl 103.11).
Deus nos ama a todos, sem distinguir raça, cor, idade. Deus nos olha pela fé em Jesus Cristo. E mesmo a fé é presente de Deus, pelo Espírito Santo. Se nós temos fé em Jesus, nada nos derrubará porque o amor de Deus, o Senhor, por aqueles que o temem dura para sempre. A sua bondade permanece, passando de pais a filhos, 18para aqueles que guardam a sua aliança e obedecem fielmente aos seus mandamentos.” (Sl 103.17-18).
Por tudo isso
nossa alma anuncia a grandeza do Senhor.
Porque ele se lembra de nós e nos ajuda
e porque ele prometeu Jesus Cristo para nos Salvar
e já cumpriu esta promessa. Assim também o Senhor voltará um dia para levar os salvos à vida eterna. Promessa do Senhor.
E agora, terminando esta mensagem, quero alertar:
Àqueles que escutam estas palavras e elas não fazem sentido só podemos pedir a Deus que ilumine seu coração para que corrijam suas vidas e voltem ao Senhor.
Àqueles que escutam estas palavras e creem no Senhor Jesus, podemos dizer: Anunciem comigo a sua grandeza; louvemos juntos o Senhor. Eu pedi a ajuda do Senhor, e ele me respondeu; ele me livrou de todos os meus medos.” (Sl 34.3-4)
E assim Deus fará para todo o sempre.
Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ