sábado, 2 de janeiro de 2016

Qual a nossa prioridade?

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

A Paz do Senhor Jesus esteja com todos vocês. Amém.
Queridos irmãos em Cristo.
Mais um ano terminou e outro começou.
Conforme vão passando os anos, parece que a sociedade está mais longe das verdades de Deus.
Até mesmo os ensinamentos das igrejas, já parecem não ser mais sobre Jesus e a vida eterna, mas somente sobre as coisas deste mundo. Algo parecido com o que aconteceu na época do profeta Jeremias, quando ele anunciava o castigo iminente e os falsos profetas anunciavam que tudo ia ficar bem para eles. No fim, Jeremias é que estava certo.
E o povo que não voltou para Deus, foi levado cativo para a Babilônia.
Hoje muitos acreditam que “o inferno é aqui”... Que Jesus não volta mais. Que Deus não se importa conosco...
Mas a verdade é que a cada segundo que passa, estamos mais próximos do fim. Seja o fim de nossa vida... Seja o fim deste mundo.
Mais de dois mil anos se passaram desde que Jesus veio salvar o ser humano. E um dia, que só o Pai sabe, ele vai voltar. Pode ser hoje, pode ser amanhã. Ninguém sabe. Por isso importa estar preparado para aquele momento.
Então, enquanto esperamos, o que fazer?
Vejam o exemplo do Menino Jesus, no texto de hoje do evangelho.
Maria e José o procuraram por todas as partes. Até o encontrarem no Templo, falando das escrituras.
Quando eles o procuravam por, talvez pensassem que Jesus estivesse perdido, que tivesse se desviado do seu caminho. Talvez pensassem que nunca mais iriam vê-lo. Mas ao procurarem no Templo o encontram. E Jesus pergunta: “Por que vocês estavam me procurando? Não sabiam que eu devia estar na casa do meu Pai?” (Lc 2.49)
Jesus estava perto do Pai. Assim como cada um de nós precisa estar.
O Salmo 111 nos lembra disto também: “Aleluia! Na reunião do povo eu louvarei a Deus, o Senhor, com todo o meu coração, junto com os que lhe obedecem.” (Sl 111.1)
E em Jeremias: 31.10 está escrito: “Nações, escutem o que eu, o Senhor, estou dizendo e anunciem as minhas palavras nas ilhas e terras distantes. Eu espalhei o povo de Israel, mas vou ajuntá-lo de novo e guardá-lo como um pastor guarda o seu rebanho.”
Estamos apenas começando mais um ano. Muitas dúvidas... Muitas esperanças. Há pessoas esperando por um novo e melhor emprego. Outros prevendo mudar de cidade, estado e até país. Alguns pretendem se casar este ano. Outros vão se preparar para a faculdade, ou querem concluir bem seus estudos...
Mas será que todos estamos planejando estar na Casa do Senhor? Será que todos estamos esperando ler mais a bíblia, falar mais com Deus, vir com a família para a Igreja?
Quantos se organizam meses para o Carnaval, para as férias? Então, que tal se organizar para estar presente nos cultos, os estudos bíblicos, nos congressos!!!???... Que tal se organizar para ler toda a bíblia este ano!?
É importante notar que os pais procuraram Jesus em diversos lugares. E Jesus estava no Templo.
Onde as pessoas podem procurar por nós? Em lugares relacionados à fé, ou distante dela? O que as pessoas encontram em nossa vida, nas nossas músicas, em nosso comportamento? Coisas que apontam para Jesus, ou que nos distanciam dele. No próximo Carnaval, as pessoas nos reconhecerão como cristãos ou seremos mais daqueles que só vão lembrar de Jesus na Quarta-Feira de Cinzas?
O Senhor está nos dando um ano cheio de novas oportunidades.
O diabo vai usar de tudo para nos afastar do Senhor. Serão convites para festas, serão reparos na casa...
Precisamos ver qual é, de fato, a nossa prioridade. É claro que é bom ir às festas... É claro que há reparos a serem feitos, viagens. Mas será que isso precisa ser feito no momento em que deveríamos estar no culto?
Qual a prioridade de Jesus?
Qual é a nossa prioridade?
Só estando em contato com Deus, poderemos guardar os seus ensinamentos. Assim como Maria fez, como nos diz Lc 2.51: “E a sua mãe guardava tudo isso no coração.”.
Maria guardava em seu coração todas as coisas que Jesus fazia e ensinava. Maria sabia que “Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Ele dá compreensão aos que obedecem aos seus mandamentos. Que o Senhor seja louvado para sempre!” (Sl 111.10).
E a mãe de Jesus também confiava na promessa de Deus dada pelo profeta Jeremias: (Jr 31.13) “Então as moças, os moços e os velhos vão dançar e se alegrar. Eu os animarei e mudarei o seu choro em alegria e a sua tristeza em prazer.”
Todas estas promessas estão de pé até hoje.
Deus mudará todo o sofrimento deste mundo em júbilo eterno. Alegrará eternamente o coração dos seus filhos fiéis. Porque (Sl 111.7) “Ele é fiel e justo em tudo o que faz; todos os seus mandamentos merecem confiança.” Suas obras vão durar (Sl 111.8) ...para todo o sempre. E como ele prometeu, ele (Sl 111.9): “pôs o seu povo em liberdade e fez com ele uma aliança eterna. Ele é santo e poderoso.” E esta promessa do Salmo 111 foi cumprida em Jesus Cristo.
Jesus, o nosso Salvador, nos dá a vida eterna.
Jesus foi feito nosso irmão para que pudéssemos receber os benefícios de filhos de Deus. Hb 2.14-15 lembra: “Os filhos, como ele os chama, são pessoas de carne e sangue. E por isso o próprio Jesus se tornou igual a eles, tomando parte na natureza humana deles. Ele fez isso para que, por meio da sua morte, pudesse destruir o Diabo, que tem poder sobre a morte. E também para libertar os que foram escravos toda a sua vida por causa do medo da morte.”. Por isso não tememos nem diabo nem morte. Porque Jesus os derrotou de uma vez por todas.
Jesus Cristo cumpriu sua tarefa até o fim. E hoje nos ajuda a vencer o diabo e o mundo Como nos lembra Hebreus 2.18: “Jesus pode ajudar os que são tentados, pois ele mesmo foi tentado e sofreu.”.
Enquanto estivermos guardando no coração a fé em Jesus, temos a vida eterna.
Quando as pessoas nos procurarem ou olharem para nossa vida, que possam encontrar o Senhor da nossa Salvação, Jesus Cristo.
Pois ele venceu a morte e nos ensina o caminho da vida eterna.
Quando chegar o final, na verdade será o verdadeiro começo, de uma vida que jamais termina, pois todos que creem em Jesus Cristo, têm a vida eterna. Amém.


E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)