sábado, 30 de janeiro de 2016

Feliz perfeitamente

Pregação do culto deste dia 30 de Janeiro de 2016.

Texto base: Mt 5.1-12
Dia Litúrgico: 4º Domingo após a Epifania

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

A Paz do Senhor Jesus esteja com todos vocês. Amém.
Felicidade.
Esta palavra aparece várias vezes no texto de Mateus 5. Na versão que nós lemos antes aparece “bem-aventurado”. E esta palavra sempre foi complicada pra mim. O dicionário traz vários significados aceitos para a expressão:
1. Que está na bem-aventurança; (não ajuda muito)...
2. O que possui a eterna beatitude;
3. O que foi beatificado pela Igreja (santos católicos);
4. Ditoso; feliz.
5. Felicidade perfeita.

Os três primeiros significados são sempre usados quanto aos santos da igreja Católica. São usados para definir os santos.
Mas o sentido que Jesus dá no evangelho de Mateus é justamente o último: “felicidade perfeita”.

Pra você o que é felicidade perfeita?
É passar as férias perfeitas, sem problemas?
É ter dinheiro para tudo que se quer comprar?
É viver muitos anos, com saúde?
É ter um casamento onde não acontecem problemas?
É ter filhos que só fazem o que é certo, sempre?

O que é a felicidade perfeita, neste mundo?
Bem, pelas perguntas que fiz antes, certamente, se alguém espera estas coisas, nunca terá a felicidade perfeita. Porque as férias passam rápido e ficam apenas as fotos e as lembranças... Algumas lembranças de acidentes, de falta de água, engarrafamentos...
Se ter dinheiro para comprar tudo fosse sinônimo de felicidade, não existiria nenhum rico com depressão ou triste.
Da mesma forma, viver muito pode trazer consigo a tristeza da doença, do abandono, da falta das forças do corpo.
Casamento onde não acontecem problemas não existe. Existem casamentos onde os problemas são superados pelo amor mútuo e amor a Deus. Também filhos perfeitos não existem. Assim como nós falhamos como filhos, nossos filhos também falharão. Por isso é preciso haver perdão de todos para com todos.
Então como é esta felicidade perfeita que Jesus descreve?

1Quando Jesus viu aquelas multidões, subiu um monte e sentou-se. Os seus discípulos chegaram perto dele, 2e ele começou a ensiná-los.
Jesus disse:
3Felizes as pessoas que sabem que são
espiritualmente pobres,
pois o Reino do Céu é delas.
4Felizes as pessoas que choram,
pois Deus as consolará.
5Felizes as pessoas humildes,
pois receberão o que Deus
tem prometido.
6Felizes as pessoas que têm fome e sede
de fazer a vontade de Deus,
pois ele as deixará
completamente satisfeitas.
7Felizes as pessoas que têm misericórdia
dos outros,
pois Deus terá misericórdia delas.
8Felizes as pessoas que têm o coração puro,
pois elas verão a Deus.
9Felizes as pessoas que trabalham pela paz,
pois Deus as tratará como seus filhos.
10Felizes as pessoas que sofrem perseguições
por fazerem a vontade de Deus,
pois o Reino do Céu é delas.
11Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e dizem todo tipo de calúnia contra vocês por serem meus seguidores. 12Fiquem alegres e felizes, pois uma grande recompensa está guardada no céu para vocês. Porque foi assim mesmo que perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.

Vamos olhar de perto alguns destes versículos e tentar compreender bem o que cada um deles quer dizer:
3Felizes as pessoas que sabem que são espiritualmente pobres, pois o Reino do Céu é delas.
Uma outra tradução deste versículo nos diz: “Bem-aventurados os humildes de espírito.”
São aquelas pessoas que não confiam em si mesmas para a sua salvação. Sabem que suas obras são poucas e sua fé é fraca... Mesmo assim, confiam naquele que pode dar a Salvação: Jesus Cristo. Ser humilde de espírito é saber que preciso também fortalecer sempre a minha fé, na presença do Senhor, em sua casa, no estudo da Palavra.
São felizes porque confiam completamente em Deus e não em si mesmos.

4Felizes as pessoas que choram, pois Deus as consolará.
São aqueles que estavam e ainda hoje podem estar, tristes com o sofrimento do povo de Deus. Muitas vezes o povo de Deus foi perseguido e ainda será enquanto este mundo existir. Porém, o próprio Deus é o consolo dos que choram. E ele virá em sua defesa.

5Felizes as pessoas humildes, pois receberão o que Deus tem prometido.
Deus não falha em suas promessas e aqueles que confiam nele, receberão o que ele prometeu.
Este texto não está prometendo que você vai ficar rico, nem que não terá problemas. Este texto está prometendo que aqueles que confiam em Deus, receberão o que ele prometeu desde Adão: a Salvação Eterna e a vida no paraíso, mesmo que aqui neste mundo passem por aflições.
É um chamado para permanecer firmes, mesmo que o mundo pareça indicar que Deus se esqueceu de nós. Ele nunca esquece.

6Felizes as pessoas que têm fome e sede de fazer a vontade de Deus, pois ele as deixará completamente satisfeitas.
7Felizes as pessoas que têm misericórdia dos outros, pois Deus terá misericórdia delas.
Estes dois versículos lembram bastante o Pai-Nosso que vem logo no capítulo 6 de Mateus. No Pai-Nosso pedimos que a vontade de Deus seja feita neste mundo, assim como é no céu, ou seja, perfeita. Também pedimos que Deus nos perdoe como perdoamos aos outros. Assim, quem não tem misericórdia (amor, perdão, compaixão) pelo próximo, renega a misericórdia de Deus para si mesmo.
Muitos acham que dá pra seguir a Deus, mesmo maltratando o próximo. Isto é impossível. Onde as pessoas não se perdoam, também não recebem o perdão de Deus.

8Felizes as pessoas que têm o coração puro, pois elas verão a Deus.
Nós podemos concluir que quem não tem o coração puro não verá a Deus. E quem são estes?
São pessoas que usam o nome de Deus apenas em benefício próprio. Seja para enganar as pessoas ou para ganhar dinheiro. Quem só tem maldades em seu coração, nunca estará na presença de Deus. Ou seja, nunca verá a Deus. Mas aqueles que se lavaram no Sangue do Cordeiro, estes sim verão a Deus, pois Jesus os limpou completamente.

9Felizes as pessoas que trabalham pela paz, pois Deus as tratará como seus filhos.
Trabalhar pela paz. Vivemos tempos de guerra. Mesmo que nosso país não esteja em guerra, parece que há uma tensão no ar. Sempre um contra o outro. E isso é desejado pelo mundo. É esta guerra que dá ibope. Se não houvessem crimes, acidentes, mortes estúpidas, brigas... O que seriam dos programas de TV?
Nós naturalmente gostamos das desgraças do outro... É só prestar atenção quando acontece um acidente, quantas pessoas se deslocam quilômetros para ir ver e tirar uma selfie e publicar primeiro nas redes sociais. São urubus modernos, procurando a desgraça alheia para compartilhar... Não é mais informação. É publicação da desgraça apenas.
O que se ganha com isso? Absolutamente nada.
Trabalhar pela paz é perdoar, mesmo que não te peçam perdão. É quando acontece uma discussão, calar para não prolongar a briga e criar ainda mais rancores. É ter palavras boas e não ruins para dizer aos outros. É quando alguém vir te contar uma fofoca, mandar calar a boca e tomar vergonha na cara... Afinal, está sendo instrumento do diabo.

10Felizes as pessoas que sofrem perseguições por fazerem a vontade de Deus, pois o Reino do Céu é delas.
11Felizes são vocês quando os insultam, perseguem e dizem todo tipo de calúnia contra vocês por serem meus seguidores. 12Fiquem alegres e felizes, pois uma grande recompensa está guardada no céu para vocês. Porque foi assim mesmo que perseguiram os profetas que viveram antes de vocês.
Das perseguições, calúnias, insultos, já falamos.
E isso acontece muito hoje com os cristãos. Somos perseguidos por pessoas que querem que o pecado tome conta. Seja defendendo aborto, homossexualismo ou qualquer outra prática que Deus condena.
Mas fiquem firmes: a felicidade está garantida. Ela foi conquistada por Jesus Cristo, nosso Salvador e todo aquele que crê no Senhor, mesmo que não seja visto pelo mundo, como uma pessoa feliz, é feliz.
É feliz porque sabe que o que lhe está reservado é muito maior do que qualquer momento de felicidade que possa acontecer neste mundo. Assim, mesmo em momentos de tristeza, somos felizes porque Deus nos amou e nos perdoou todos os pecados. Amém.


E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7).