domingo, 22 de novembro de 2009

É preciso vigiar

Mc 13.24-37

Último Domingo do ano Eclesiástico

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

fim do mundo - maiasQueridos irmãos em Cristo.
21 de dezembro de 2012. Não estou bem certo da hora, mas isso tanto faz. É neste dia que o mundo vai terminar. Pelo menos é nisso que muitas pessoas acreditam e é sobre isso que fala o filme chamado 2012.
Várias pessoas que já puderam assistir disseram que o filme é muito bom, por causa dos efeitos especiais. Aos brasileiros chama atenção, especialmente o momento em que o Cristo Redentor se desmancha.
Mas esta não é a primeira vez que alguém tenta prever o fim dos tempos. Muitos já previram e erraram.
Talvez os erros mais famosos estejam associados a algumas seitas, como os Adventistas que já erraram muitas vezes esta mesma data. Que sempre era remarcada e sempre esteve errada. Prova do erro é que continuamos aqui. Agora, parece que pararam de prever.
Mas o mundo gosta de fazer contas para o fim do mundo. Os próprios cientistas afirmam que o nosso sol se apagará um dia e, nesse dia, o nosso mundo se desfará, pela explosão que o alcançará, assim como aos outros planetas mais próximos. Mas isso daqui a uns 5 bilhões de anos. Se o mundo durar até aquele dia.
De vez em quando o assunto retorna e faz muito sucesso. Normalmente é no fim do ano, quando naturalmente já estamos falando de finais. É fim de escola. Fim de faculdade. Fim de muitas coisas. Contudo é também um novo começo na vida das pessoas: novos empregos, novas escolas, novos amigos...
Assim, aquele último dia será, de certo modo, é também um novo começo. Porque todos os crentes em Cristo entrarão para sempre no Reino prometido por Jesus.
O texto bíblico de hoje fala de fim do mundo. E a palavra de Deus é muito clara em alertar que um dia tudo será destruído. Não será renovado, como afirmam algumas religiões. Será destruído.
Nesse dia não é mais momento de se arrepender dos pecados. Quando virmos Jesus descendo do céu, o tempo da Graça terá acabado e será a hora do julgamento. — O tempo da graça é o tempo que Deus dá a este mundo, esperando que mais e mais pessoas sejam alcançadas pelo Espírito Santo e creiam no Senhor Jesus. E se o mundo ainda não terminou, isso é mais uma mostra da misericórdia de nosso Pai.
Naquele último dia, certamente todos os descrentes vão gritar por socorro, mas não vai adiantar mais. Porque eles tive-ram toda a sua vida para crer no Senhor Jesus e o rejeitaram. Porque ignoraram alertas de Jesus, como registrados em Lucas 21.34-36: “Fiquem alertas! Não deixem que as festas, ou as bebedeiras, ou os problemas desta vida façam vocês ficarem tão ocupados, que aquele dia pegue vocês de surpresa, como se fosse uma armadilha. Pois ele cairá sobre todos no mundo inteiro. Portanto, fiquem vigiando e orem sempre, a fim de poderem escapar de tudo o que vai acontecer e poderem estar de pé na presença do Filho do Homem, quando ele vier.”.
E este texto reflete o que Jesus nos fala no Evangelho de Marcos: “O que eu lhes digo digo a todos: fiquem vigiando.”.
Irmãos e irmãs em Cristo, é preciso vigiar.
Mas como? Crendo em Cristo.
Vigiamos permanecendo na fé e naquilo que nos aproxima do Salvador. Vigiamos enquanto vimos aos cultos e fazemos nossas orações. Vigiamos amando o próximo e buscando o entendimento entre todas as pessoas. Vigiamos participando da Santa Ceia. Enfim, vigiamos enquanto estamos perto de Jesus Cristo e de sua Casa. E vigiamos levando o Senhor Jesus para dentro de nossas casas, com momentos de devoção e de leitura bíblica. Ensinando do Salvador aos nossos filhos. Vigiamos crendo em Cristo.
É preciso vigiar.
Também Observando os sinais.
E os sinais estão aí. Só não vê quem não quer, pois a própria natureza anuncia os atos poderosos do Senhor.
Seria um absurdo dizer que os sinais da natureza hoje estão mais do que ontem, pois os sinais vêm e vão, mas estão presentes hoje. Como um claro testemunho de que o Senhor vem.
Há guerras e barulho de guerras. Famílias estão se destruindo. Terremotos se espalham pelo mundo e o tempo parece que enlouqueceu. Alguns dizem: “Ah a natureza está se vingando daquilo que o homem fez”. Bobagem. A natureza não se vinga. Ela não tem personalidade. Colhemos sim o mal que plantamos. Mas não é vingança da natureza. O que fizemos com a natureza pode ser comparado a jogar um bumerangue: ele é lançado e volta com mais força do que foi. Mas não é vingança da natureza. É consequência de nosso descuido com tudo que Deus nos deu para cuidar. E também revelam que a natureza confirma as palavras de Jesus.
Os sinais da natureza estavam previstos e também são um testemunho fiel de que o Senhor falou sério quando mandou vigiar.
Outro sinal: muitos ainda passam fome neste mundo. Como Jesus previu. Muitos cristãos são perseguidos e a perseguição está crescendo mundo afora.
Observem a força dos sinais. Porque, se por um lado os sinais estavam e estão presentes, eles estão cada vez mais claros.
Irmãos e irmãs, É preciso vigiar.
Crendo em Cristo, observando os sinais e Fugindo das tentações.
O tentador nos ronda dia e noite e só precisa de uma oportunidade para conseguir entrar. Ele nos oferece todo tipo de pecado. O inimigo quer nos destruir. Por isso é tão importante vigiar sempre. E vigiar é fugir das tentações. Não por força própria, mas porque somos templo do Espírito Santo e, com o Espírito Santo em nós somos capazes de fugir das ten-tações, ficando em Cristo.
O Senhor nos atende quando clamamos: “E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal”. E o Pai nosso não podia terminar de uma forma mais sublime. Pedimos para escapar de toda e qualquer tentação e ainda pedimos para o Senhor nos livrar de todo o mal. Inclusive aquele último mal, que é a destruição eterna.
Filmes sobre o fim do mundo sempre vão existir, porque eles são bons filmes e atraem muitas pessoas. Assim foi na virada deste nosso novo século.
Mas ninguém pode prever nem o dia, nem a hora em que o fim do mundo vai acontecer.
O importante para nós cristãos é vigiar sempre. Para estarmos preparados para aquele dia. E, se o fim de nossa vida vier primeiro, também estaremos preparados para isso. Pois quem crê em Cristo não será julgado, mas passará para a vida eterna. E naquele último dia ouvirá do Senhor Jesus: “Venham, vocês que são abençoados pelo meu Pai! Venham e recebam o Reino que o meu Pai preparou para vocês desde a criação do mundo.”
Que assim seja para todos nós. Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ

Glórias Somente a Deus