segunda-feira, 28 de junho de 2010

A Igreja é um lugar para todos

Gl 2.15-21; 3.10-14

5º Domingo após Pentecostes.

 

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

 

Sl 32.1-7; 2Sm 11.26-12.10, 13-14; Gl 2.15-21; 3.10-14; Lc 7.36-8.3

A Paz do Senhor esteja com vocês. Amém.

Quem deve estar na igreja? Quem deve vir à casa de Deus?

Igreja Cátólica Apóst. Romana - Roma. Vaticano. Por muito tempo se pensou, e até hoje, muitas vezes se pensa que a igreja é um lugar onde estão os “santinhos”. Pessoas que jamais cometem um pecado. Que nunca erram. Pessoas que passam o dia orando e cantando. Enfim, pessoas que não saem da igreja. Neste pensamento, a pessoa seria santa, por causa de suas “boas obras”. E apesar de muita gente pensar assim, não é assim que Deus pensa.

A Igreja não é um lugar para pessoas falsamente santas. Pessoas que pensam agradar a Deus com suas boas obras. Porque não existe nenhuma pessoa que consiga fazer a vontade de Deus como ele quer. Como afirma o Sl 53.3: “...todos caíram, se desviaram assim do caminho certo, e são igualmente corruptos. Não há mais ninguém que faça o que é direito, não há mesmo nem uma só pessoa.”

Não há ninguém que consiga, por si mesmo, agradar a Deus. Então pra que existem igrejas? Justamente por que não conseguimos agradar a Deus.

Sabemos que não existem os tais “santinhos” e por isso precisamos seguir o exemplo de Jesus Cristo e de todos os Santos Apóstolos.

A igreja não é um lugar para os “santinhos”, mas sim um lugar para pecadores que buscam, em arrependimento, o perdão. Pecadores que atendem ao chamado de seu Pai amoroso.

A Igreja é lugar para todas as pessoas. Para nós que hoje cremos em Deus e para aqueles que não creem ainda.

O que podemos encontrar aqui na casa de nosso Pai?

Perdão dos pecados, Palavra de Deus e os Sacramentos do Batismo e da Santa Ceia.

Para o pecador arrependido sempre existe o perdão.

Diz Jesus: “Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso.” (Mt 11.28)

Temos o perdão aqui e um novo ânimo para voltar ao mundo. Para voltar às nossas vidas e aos nossos problemas, sabendo que Deus está preocupado conosco e quer nos ajudar sempre.

Pecamos sim, mas se nos arrependemos, Deus nos perdoa e nos perdoando, Deus diz que agora sim somos santos. Pois estamos arrependidos e, portanto, perdoados, por causa de Jesus Cristo.

Perdoados, podemos seguir nossas vidas sabendo que Deus jamais abandona seus filhos, seja nos momentos de alegria ou de aflição, de doença ou de saúde, de emprego ou de desemprego. Deus está conosco sempre, se cremos nele.

Outra coisa que encontramos aqui na casa de Deus é a Palavra dele. Esta Palavra nos orienta, nos anima e quer nos preservar na fé verdadeira até o fim. Quem se afasta de Deus e de sua Palavra não pode ter verdadeiro sucesso neste mundo, pois sem Deus é impossível ser verdadeiramente feliz.

Se pode ter muitas conquistas como riqueza, sucesso financeiro, por exemplo, mas como tudo mais, isso também terminará com a morte.

Já para quem confia em Deus e em sua Palavra, a vida não termina aqui. Vai muito além. Vai à eterna felicidade que receberemos no dia do juízo final.

Algo que também é oferecido aqui na igreja é Batismo e Santa Ceia. No Batismo o Espírito Santo nos é derramado. É perdoado o pecado original e somos recebidos no Reino de Deus e passamos a viver dia-a-dia nosso Batismo, nos arrependendo de nossos pecados e procurando viver de acordo com a vontade de Deus.

Na Santa Ceia Jesus vem a nós no pão e no vinho com seu corpo e sangue. Ele nos perdoa dos pecados do passado e quer nos levar a uma nova vida, cheia de boas obras diante de Deus. Na Santa Ceia também a fé é fortalecida.

Pra quem é a Igreja então?

o bom samaritano Para aqueles que hoje creem em Deus. Para continuarem firmes. Mas também para aqueles que ainda não creem. Para que cheguem ao conhecimento da Palavra de Deus e passem a crer no Deus verdadeiro: Pai, Filho e Espírito Santo.

Muitas vezes as pessoas pensam que Deus não as aceitará, por isso se afastam da igreja. Acham que o pecado que cometeram foi grande demais. Mas para Deus não importa o tamanho do nosso pecado. Sempre há perdão para aqueles que se arrependem e confiam no Senhor.

É o caso de Davi. Ele se interessou pela mulher de Urias. Cometeu adultério com ela. Usou e abusou de seus poderes de rei, sem pensar em Deus ou nas consequências de seu pecado. Mandou matar Urias e tomou sua mulher por esposa para tentar esconder o pecado, pois Bate-Seba estava grávida e logo se saberia quem era o pai da criança.

Para parecer um “santinho” Davi pecou ainda mais. E não havia perdão para ele enquanto ele não se arrependesse. Então Deus manda o profeta Natã.

O pecado de Davi era tão claro que ele mesmo se condenou diante de Natã. O profeta usou um exemplo, como se fosse de outra pessoa, quando na verdade estava falando sobre Davi. O rei entendeu seu pecado e se arrependeu. Perdoado ele seguiu seu reinado até o fim, com a bênção de Deus.

A Bíblia conta a história de muitos pecadores que se arrependem.

Precisamos entender que a Igreja é um lugar para todas as pessoas, aqueles que hoje creem em Deus e aqueles que ainda não creem e que precisam crer.

Cabe a cada um de nós viver em fidelidade ao Senhor, também testemunhando para que outros recebam a mesma fé e sejam salvos.

A Igreja não é um lugar para “santinhos”, mas é um lugar para verdadeiros santos.

Todos que cremos em Jesus somos santos diante dos olhos de Deus. Enquanto ainda estamos no mundo, vamos ter pecado no nosso caminho e a nos rodear, mas não precisamos nos contaminar, porque Cristo vive em nós.

O Espírito Santo nos levará a uma vida de obediência a Deus e veremos como nossa vida será melhor em todos os momentos.

O Espírito também nos usará para testemunhar Jesus Cristo. Para que aqueles que não sabem, escutem que a Igreja é um lugar para todos. Para que os que precisam do conforto da salvação a recebam pela fé em Jesus. Pois só Jesus nos torna verdadeiramente santos e herdeiros da vida eterna. Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ

Soli Deo Gloria