sábado, 12 de junho de 2010

O sempre novo Evangelho

Gl 1.1-12
3º Domingo após Pentecostes


Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

Sl 96.1-9 / 1Rs 8.22-24,27-29,41-43 / Gl 1.1-12 / Lc 7.1-10


Vamos confessar em conjunto o Credo Apostólico:

“Creio em Deus Pai Todo-Poderoso, Criador do céu e da terra.

E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu da vigem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu ao inferno; no terceiro dia ressuscitou dos mortos, subiu aos céus e está sentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.

Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Cristã – a comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna. Amém.”

evangelho Um dia cada um de nós foi batizado nesta fé. Naquele momento nós confessamos isto aí.
Esta é a fé que temos: Cremos num só Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Cremos que Deus nos criou. Cremos que Jesus nos Salvou e cremos que o Espírito Santo nos santifica a vida.
Confessamos crer na obra de Jesus: que nasceu homem, no tempo escolhido por Deus. Confessamos crer no que ele ensinou e crer que ele sofreu e morreu por nós. Cremos também que Jesus ressuscitou dos mortos e subiu ao céu. E cremos que um dia ele voltará e naquele momento todos os mortos ressuscitarão e aqueles que creem em Jesus irão para a vida eterna, mas o resto irá para a condenação eterna.
No mesmo credo ainda confessamos crer na verdadeira igreja cristã, que reúne todos os santos vivos e mortos. Pois santos para Deus são aqueles que têm fé em Jesus Cristo, não importa se vivos ou mortos. A diferença é que os mortos já estão nos céus e os vivos irão pra lá um dia.
Cremos na remissão dos pecados. Cremos na ressurreição dos mortos e cremos na vida eterna. Esta é a mensagem do Evangelho. Uma novidade há mais de 2 mil anos.
Mas muitas vezes somos rápidos em procurar outro evangelho. Vejam o que afirma o apóstolo, poucos anos depois de Jesus ter subido aos céus: “Estou muito admirado com vocês, pois estão abandonando tão depressa aquele que os chamou por meio da graça de Cristo e estão aceitando outro evangelho.” (Gl 1.6).
Você conhece alguém que está correndo atrás de um novo evangelho? Alguém que sempre busca novidades atrás de novidades e jamais está satisfeito com a novidade alcançada?

evangelho1 São estas pessoas que têm enchido as igrejas das “novas verdades” sobre Jesus Cristo. São pessoas que têm ido, “só pra ver como é”, a lugares que vendem de tudo, mas não dão a salvação. Alguns fazem questão de dizer que não são religião, mas são “apenas filosofia de vida”. E não faz mal.
Isto tudo é mentira de Satanás...
Ele é que sopra este “novo evangelho” nos ouvidos.
A maior vitória do inimigo é fazer com que as pessoas não acreditem nele. E existem muitas formas de se dizer isto:
Deus é um só...
Toda igreja é boa...
Deus está em todas as igrejas...
O que importa é ajudar os outros...
Estas “novas verdades” têm sido usadas para enganar muitas pessoas. Porque elas parecem mesmo ser verdade, se nós não prestamos atenção.
Dizem, entre outras coisas: Deus é um só!
E é mesmo, isto é verdade, mas o Deus que existe é apenas aquele que se revela na Bíblia como o Pai, Filho e Espírito Santo. Ele não é Alá, Buda ou Oxalá qualquer outro nome que tentem dar para ele. Ele é o Deus de Israel. E que enviou Jesus Cristo para nos salvar.
Dizem que toda igreja é boa...
Também parece verdade num primeiro momento, porque toda igreja ensina a não matar, não roubar, ser fiel no casamento, etc. Isso é bom... Mas nem toda igreja crê em Jesus Cristo, então, nem toda igreja pode indicar o caminho para a vida eterna, porque só existe um e é ele mesmo que diz: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim.” (Jo 14.6).

Tomé e Jesus - felizes os que não viram mas creram A outra afirmação diz que Deus está em todas as igrejas, mas ele não está. Ele está onde creem no Deus revelado na Bíblia e onde procuram viver a sua vontade e ensinar o seu evangelho. Onde aparecem as “novas verdades” o apóstolo recomenda: “se alguém, mesmo que sejamos nós ou um anjo do céu, anunciar a vocês um evangelho diferente daquele que temos anunciado, que seja amaldiçoado! Pois já dissemos antes e repetimos: se alguém anunciar um evangelho diferente daquele que vocês aceitaram, que essa pessoa seja amaldiçoada!” (Gl 1.8-9).
Lembram do Credo Apostólico?
Aquele é o Evangelho no qual nós fomos batizados, portanto fiquem com os olhos bem abertos para não cair nas armadilhas do inimigo.
Nós já temos o Evangelho verdadeiro, não precisamos de um novo. Não precisamos ficar como aquele adolescente que quer trocar de celular ou de marca de roupa a cada semana. E nunca está satisfeito com o que tem.
Os apóstolos, profetas e o próprio Jesus nos anunciaram o verdadeiro e único Evangelho que lembra que Jesus morreu por nós e, pela fé nele, temos a vida eterna. Esta sim é uma notícia que deve ser compartilhada. Especialmente com aqueles que têm buscado as “novas verdades” e com isso têm-se afastado do Deus verdadeiro.
Diga pra você mesmo e diga aos outros: creia em Jesus e viva pra Jesus que você será salvo. Nenhum mal permanecerá sobre você e você vencerá o mundo. Pois Cristo lhe dá a vitória. Este é o novo, verdadeiro e único Evangelho. Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ

Soli Deo Gloria