terça-feira, 29 de setembro de 2009

1Rs 19.1-18 - Texto bíblico comentado


Elias acompanhado por Deus

1Rs 19.1-18
[1]O rei Acabe contou à sua esposa Jezabel tudo o que Elias ha-via feito e como havia matado à espada todos os profetas do deus Baal. [2]Aí ela mandou um mensageiro a Elias com o seguinte recado: – Que os deuses me matem, se até amanhã a esta hora eu não fizer com você o mesmo que você fez com os profetas! [3]Elias ficou com medo e, para salvar a vida, fugiu com o seu a-judante para a cidade de Berseba, que ficava na região de Judá. Deixou ali o seu ajudante [4]e foi para o deserto, andando um dia inteiro. Aí parou, sentou-se na sombra de uma árvore e teve vontade de morrer. Então orou assim: – Já chega, ó Senhor Deus! Acaba agora com a minha vida! Eu sou um fracasso, como foram os meus antepassados. [5]Elias se deitou debaixo da árvore e caiu no sono. De repente, um anjo tocou nele e disse: – Levante-se e coma. [6]Elias olhou em volta e viu perto da sua cabeça um pão assado nas pedras e uma jarra de água. Ele comeu, e bebeu, e dormiu de novo. 7O anjo do Senhor Deus voltou e tocou nele pela segunda vez, dizendo: Levante-se e coma; se não, você não aguentará a viagem. [8]Elias se levantou, comeu e bebeu, e a comida lhe deu força bastante para andar quarenta dias e quarenta noites até o Sinai, o monte sagrado.

O que está acontecendo com o profeta Elias? Por que ele foge?
A resposta é simples: ele estava com medo...
Israel estava mergulhada na idolatria, sob o comando de Jezabel, esposa de Acabe e Deus tinha dado a Elias a tarefa de acabar com a idolatria. Para isso ele tinha desafiado os profetas de Baal e, depois de provar que apenas o Senhor é Deus, todos os profetas de Baal foram mortos e o povo prometeu abandonar a idolatria.
Mas Jezabel era idólatra e não ficou nada satisfeita com o acontecido.
Por isso o medo de Elias. Não é falta de confiança em Deus, mas o medo natural do ser humano ao sentir-se sozinho. Por isso ele vai ao Senhor no monte e...

[9]Ali ele entrou numa caverna para passar a noite, e, de repente, o Senhor Deus lhe perguntou: – O que você está fazendo aqui, Elias? [10]Ele respondeu: – Ó Senhor, Deus Todo-Poderoso, eu sempre tenho servido a ti e só a ti. Mas o povo de Israel quebrou a sua aliança contigo, derrubou os teus altares e matou todos os teus profetas. Eu sou o único que sobrou, e eles estão querendo me matar! [11]O Senhor Deus disse: – Saia e vá ficar diante de mim no alto do monte. Então o Senhor passou por ali e mandou um vento muito forte, que rachou os morros e quebrou as rochas em pedaços. Mas o Senhor não estava no vento. Quando o vento parou de soprar, veio um terremoto; porém o Senhor não estava no terremoto. [12]Depois do terremoto veio um fogo, mas o Senhor não estava no fogo. E depois do fogo veio uma voz calma e suave. [13]Quando Elias ouviu a voz, cobriu o rosto com a capa. Então saiu e ficou na entrada da caverna. E uma voz lhe disse: – O que você está fazendo aqui, Elias? [14]Ele respondeu: – Ó Senhor, Deus Todo-Poderoso, eu sempre tenho servido a ti e só a ti. Mas o povo de Israel quebrou a sua aliança contigo, derrubou os teus altares e matou todos os teus profetas. Eu sou o único que sobrou, e eles estão querendo me matar!

Muitas vezes nós queremos ver coisas grandiosas. Esperamos por milagres espantosos e gigantescos, mas Deus raramente agiu assim. Aqui, com Elias, o Senhor poderia ter aparecido no vento for-te, no terremoto ou no fogo, mas não, o Senhor apareceu no vento suave.
Assim também aparece muitas vezes em nossas vidas: na brisa suave. Os terremotos da vida, as tempestades e o fogo que consome nosso ser estão por nos destruir. Mas ao pararmos e chegarmos ao Senhor, a brisa suave toca nosso rosto e nós somos renovados.
Assim foi com Elias. Ele estava desorientado e perdido, achava-se abandonado, mas algo acontece.

[15]Então o Senhor Deus disse: – Volte para o deserto que fica perto de Damasco. Chegando lá, entre na cidade e unja Hazael como rei da Síria. [16]Unja Jeú, filho de Ninsi, como rei de Israel e unja Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, como profeta, para ficar em lugar de você. [17]As pessoas que não forem mortas por Hazael serão mortas por Jeú, e todos os que escaparem de Jeú serão mortos por Eliseu. [18]Mas eu deixarei sete mil pessoas vivas em Israel, isto é, todos aqueles que não adoraram o deus Baal e não beijaram a sua imagem.

Elias ouve do Senhor: vá ungir outros profetas para estarem com você. Eles te ajudarão a acabar com a idolatria. Mesmo assim, saiba que há 7 mil fiéis.
Pra simplificar, este número 7 mil significa dizer: você não está sozinho Elias, ainda há uma multidão incontável de pessoas que são fiéis.
Assim também, na sua vida, pode parecer que existem muitos problemas, muitos terremotos, ventanias e fogo, mas o Senhor acompanha você assim como acompanhou a Elias, até o dia em que o levou para o céu, num redemoinho, acompanhado por cavalos e carruagem de fogo.
Nós não subiremos com fogo, mas o Senhor voltará para bus-car os que forem fiéis até o fim. Amém.