terça-feira, 1 de setembro de 2009

Se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam.

13º Domingo após Pentecostes


 

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).


 

Leia o texto de Marcos 7.14-23, clicando aqui.


 

Que a Paz esteja com vocês. Amém.


 

Queridos irmãos em Cristo Jesus Cristo.

O que você entende com esta frase de Jesus: "Se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam."?

...

Vocês têm ouvidos, mas eles ouvem? Eles ouvem o que o Senhor tem a dizer?

É triste perceber que muitas pessoas têm ouvidos que não ouvem o Salvador. E é claro que o texto do evangelista Marcos não fala de deficiência auditiva. Jesus usa uma expressão para chamar a atenção. Como se dissesse: "Prestem atenção! Não deixem minhas palavras entrarem por um ouvido e sair pelo outro."

E o que era tão importante as pessoas ouvirem?

"Tudo o que vem de fora e entra numa pessoa não faz com que ela fique impura, mas o que sai de dentro, isto é, do coração da pessoa, é que faz com que ela fique impura." (Mc 7.15).

Obviamente, também, Jesus está se referindo à impureza espiritual. Porque era esse o assunto que o Mestre falava aos chefes dos judeus naquele dia. Os judeus estavam preocupados com os cerimoniais de purificação, como lavar as mãos, mas por outro lado eram péssimo exemplo de conduta moral. Então Jesus diz o que realmente nos torna impuros diante de Deus: "... os maus pensamentos, a imoralidade sexual, os roubos, os crimes de morte, os adultérios, a avareza, as maldades, as mentiras, as imoralidades, a inveja, a calúnia, o orgulho e o falar e agir sem pensar nas consequências." (Mc 7.21-22).

Antes que comecemos a nos defender e acusar a outros é bom lembrar do Salmo 53.3, que diz: "todos caíram, se desviaram assim do caminho certo, e são igualmente corruptos. Não há mais ninguém que faça o que é direito, não há nem mesmo uma só pessoa."

Diante de Deus todos os seres humanos são iguais: pecadores. Impuros desde o nascimento. Assim o nosso coração é cheio de maldade. E são essas atitudes maldosas que afastam de Deus.

Aquele onde habita o Espírito Santo não pode se contaminar com essas coisas. Precisa, dia após dia, estar na presença do Senhor, pois só assim permanecerá puro.

É triste, mas precisamos reconhecer: nosso coração trama maldades. Quando Jesus diz que do coração vêm os "maus pensamentos" ele sabe o que está dizendo.

A palavra que aparece no texto original da Bíblia, não é um mero pensar, mas um tramar. O coração trama maldades contra os outros. O coração de quem não é de Cristo fica articulando vinganças e remorsos.

Isso tudo sem falar no inimigo, que quer nos afastar do Senhor. E tudo, até a coisa mais perfeita, nas mãos do tentador, vira arma de ataque. Com o objetivo de destruir a nossa fé em Jesus. Até a Palavra de deus pode ser virada contra nós. Foi assim na tentação de Jesus. Satanás citou a Palavra de Deus para tentar fazer Jesus pecar. O que ele pode fazer conosco? Pode usar amigos, vizinhos, nosso próprio coração para nos afastar do Senhor.

Porém quando Jesus nos encontra ele nos limpa. Somos transformados em nova criatura. Com coração puro e as mãos limpas, sem precisar de sabões modernos.

Limpos estamos prontos para viver em Cristo. Livres de toda a impureza e de todo o pecado. Porém ainda existe pecado em nós e, enquanto estamos no mundo, o pecado vai querer dominar nossas vidas e afastar de Deus. E muitos esquecem Jesus, dando ouvidos ao coração pecador. Enchem suas vidas de problemas, fazendo todo tipo de coisa ruim. Jogam a sua vida na imundície novamente.

A pergunta se repete: vocês, que são cristãos, têm ouvidos para ouvir Jesus?

Hoje novamente o Salvador vem ao nosso encontro e lembra que na cruz ele nos limpou de todo pecado. Pela fé em Jesus Cristo temos a vida eterna e temos Jesus nos acompanhando aqui sempre.

Vocês têm ouvidos, ouçam o que diz a Palavra de Deus:

"A língua é um fogo. Ela é um mundo de maldade, ocupa o seu lugar no nosso corpo e espalha o mal em todo o nosso ser. Com o fogo que vem do próprio inferno, ela põe toda a nossa vida em chamas. O ser humano é capaz de dominar todas as criaturas e tem dominado os animais selvagens, os pássaros, os animais que se arrastam pelo chão e os peixes. Mas ninguém ainda foi capaz de dominar a língua. Ela é má, cheia de veneno mortal, e ninguém a pode controlar." (Tg 3.6-8).

Do coração vêm as coisas ruins que podem nos tornar impuros diante de Deus. Estas coisas ruins sabem pela língua. Língua que quer ferir de morte ao irmão.

E Tiago ainda lembra como, por vezes, somos hipócritas: "Usamos a língua tanto para agradecer ao Senhor e Pai como para amaldiçoar as pessoas, que foram criadas parecidas com Deus. Da mesma boca saem palavras tanto de agradecimento como de maldição. Meus irmãos, isso não deve ser assim. Por acaso pode a mesma fonte jorrar água doce e água amarga? Meus irmãos, por acaso pode uma figueira dar azeitonas ou um pé de uvas dar figos? Assim, também, uma fonte de água salgada não pode dar água doce." (Tg 3.9-12).

Nosso coração é purificado pelo Sangue de Jesus.

Nos vestimos com a santidade de Cristo, então como poderíamos pensar e falar mal do próximo? Isso é algo que transforma nossa língua e nosso coração em fonte de impureza.

Mas Jesus nos purifica.

Na Santa Ceia ele perdoa pecados e nos fortalece a fé.

Que bom é poder saber que nosso coração pode ser fonte de limpeza e não fonte de imundície.

Que bom é saber que lavados em Cristo estamos no caminho da vida eterna.

Que sempre possamos andar com Cristo, limpos de todo o pecado e que por nossos caminhos, nosso coração e nossa língua possam encher nossos caminhos de flores, para perfumar o caminho de todos.

Amém.


 

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ


 

Glórias Somente a Deus