quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Brasil da Ansiedade e do Rivotril

      Você já deve ter se deparado diversas vezes com a expressão de que o povo brasileiro é um povo alegre, cheio de felicidade e alegria nos pés para sambar, jogar um bom futebol e comemorar um contagiante carnaval. Será que somos assim mesmo?

      Dados da Organização Mundial da Saúde revelam que o povo brasileiro é líder mundial não no quesito felicidade, mas em ansiedade. Somos o povo mais ansioso do planeta, com cerca de 10% da população sofrendo de ansiedade. Sem falar nos índices de depressão, bem acima da média mundial. E, para fechar a conta, os números revelam que o Rivotril, famoso antidepressivo, é o segundo medicamento mais vendido no Brasil, ficando atrás somente dos analgésicos. O país da alegria nos pés busca alívio para a mente e o coração. É interessante nos perguntarmos o porquê deste cenário ansioso. Será que é pelo conjunto da obra, ou seja, pelo cenário caótico de insegurança pública, crises financeiras, políticas, morais e sociais?

      E quando a religião entra em campo neste cenário carregado de ansiedade e Rivotril? O Brasil está repleto de apelos da chamada teologia da glória, da prosperidade, do sucesso. A lógica é de que, quanto maior a fé, maior é o sucesso. Mas aí nos deparamos com personagens bíblicos, homens cheios de fé, enfrentando seus dilemas pessoais e tomados de ansiedades. Abraão sofria por não conseguir ser pai. José sofreu nas mãos dos seus irmãos, foi até mesmo preso no Egito. Davi sofreu amargamente com perseguições e com consequências de seus erros. Jó carregou as piores dores que um ser humano pode carregar. E ainda olhamos para Jesus, e mesmo sendo Deus, ele carregou no seu coração as piores angústias, a ponto de seu suor de pavor parecer gotas de sangue. Mesmo sendo Deus, carregou todo sofrimento e culpa em sua cruz, foi humilhado e crucificado.

      Diante de tudo isto, ter fé nos torna imunes às estatísticas de ansiedade, depressão ou do uso de Rivotril? Não! Fé cristã não é uma caixa de isopor que nos protege de tudo. Sofremos porque fazemos parte da criação de Deus que foi arruinada pela queda em pecado, desde Adão e Eva.

      Há um doce consolo para os corações ansiosos e às mentes que sofrem como reféns de seus próprios pensamentos: “os bons passam por muitas aflições, mas o SENHOR os livra de todas elas” (Salmo 34.19). Cristãos também estão entre as estatísticas de ansiedade e depressão. Mas Jesus é Deus que cuida também nas crises e enfermidades. Consolador é saber que ele está ao lado dos ansiosos e depressivos e os cuida através de médicos, psicólogos, amigos, abraços e, principalmente, através da sua Palavra que fala ao coração aflito e à mente ansiosa: “Não fiquem com medo, pois estou com vocês; não se apavorem, pois eu sou o seu Deus. Eu lhes dou forças e os ajudo; eu os protejo com a minha forte mão” (Isaías 41.10).

      Então fica a dica: Jesus ama corações e mentes ansiosas. Pela fé em Cristo, há grande consolo para os dias de ansiedade e forças para superar as crises.

Pastor Bruno A. K. Serves | CEL Cristo, Candelária-RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente... Compartilhe...