quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Do pecado à Salvação

Hb 1.1-12 – Programa de Natal

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

Sl 2 / Is 52.7-10 / Hb 1.1-12 / Jo 1.1-18

Queridos irmãos em Jesus.

Eu queria muito chegar aqui hoje e contar uma historia bonitinha. Daquele tipo que a gente recebe às centenas hoje em dia.

Daquelas que falam de uma criança que está sofrendo em um lugar longe e que você deveria saber. Talvez para se sentir melhor consigo mesmo.

pecado_pessoalAquelas histórias emocionantes e que quase sempre são mentira ou exageros.

Mas enfim, a história é bonitinha. Serve pra fazer a gente chorar. Ou melhor, a gente chora nas primeiras, mas depois enjoa ou se acostuma... Acaba percebendo que é golpe pra nos pegar pelo emocional. E aí nem liga mais.

Ou queria chegar aqui hoje e contar uma história muito alegre. Daquelas que a gente parece que sai meio flutuando depois de ouvir. Mas muitas dessas histórias, que também ouvimos hoje em dia, são apenas parábolas para nos emocionar. E acabam não sendo a verdade.

Porque estou dizendo isto?

Porque hoje vimos uma história de uma criança que já sofreu perseguições logo que nasceu. De uma criança que teve a vida pobre, mas, ao que sabemos, feliz com seus pais. Ou com sua mãe, já que provavelmente seu pai terreno morreu cedo. Olha aí mais um caráter emotivo: teria crescido órfão de pai, mesmo sendo filho do Pai do céu.

Sabemos que essa criança, quando cresceu, sofreu muito. A ponto de suar sangue. Carregou os nossos pecados sobre os seus ombros. É ou não é uma história triste?

É triste sim. Muito triste...

Ainda mais que sabemos por quem foi que Jesus sofreu.

Sofreu inocentemente, por nós, para a nossa salvação.

Por outro lado, essa história triste, terminou como aquelas histórias edificantes. Daquelas que deixam a gente meio flutuando.

Imaginem João, correndo, ofegante, chega à porta da gruta no domingo de manhã...

Não tem coragem de entrar. Afinal o que teria acontecido no túmulo?

Em seguida vem Pedro. Esse parecia não ter medo de nada. E num rompante entra sepulcro adentro.

Vazio...

Dúvida...

Emoção.

Pouco tempo depois, as dúvidas desaparecem. Jesus ressuscitou mesmo. Assim como prometeu.

Pedro e os outros não podiam se conter de alegria e contaram sua história para o mundo inteiro.

História que começa triste e sofrida com uma criança pobre. Que fica ainda mais triste com um homem (o Messias) morto pelos pecados do mundo inteiro. E uma história que por fim fica emocionante, pois Jesus venceu a morte.

Do pecado à Salvação. Essa era nossa peça teatral de hoje.

Do pecado à Salvação é a história que começa sem Cristo e termina em Cristo.

O Senhor nos conta a história da Salvação. E ele já contou de muitas maneiras, para que nós nunca esqueçamos dela.

Diz o texto de Hebreus 1: 1Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados, 2mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho. Foi ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas e foi por meio dele que Deus criou o Universo.”

Essa história nos lembra que Jesus, “depois de ter purificado os seres humanos dos seus pecados, sentou-se no céu, do lado direito de Deus, o Todo-Poderoso.” (Hb 1.3)

Lembra ainda que Jesus vai governar com justiça. E que ele odeia o mal. Os pecadores que não se arrependem serão condenados. Mas aqueles que se arrependem e confiam em Jesus, terão a vida eterna. Porque tudo que existe passará e, assim como se troca de roupa, o céu e a terra passarão.

Mas o Senhor não muda e suas promessas de amor também não.

Ressurreição - cruz vazadaLembram das histórias tristes e bonitinhas? A gente se acostuma com elas e passa a não ligar mais. Nem lê.

O mesmo não pode acontecer com a história de Jesus. Precisamos lembrar e relembrar sempre, para jamais esquecer. Precisamos contar a todos quantos pudermos e, especialmente às pessoas mais próximas de nós.

Precisamos crescer na Palavra do Senhor, para ficar cada vez mais firmes nesta fé que nos dará a vida eterna.

Essa é a história da Salvação. A história daquele menino nascido em Belém e que salva todos quantos creem nele.

Porque todo aquele que crê em Jesus tem a vida eterna. Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ

Soli Deo Gloria