quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Qual o tempo da Salvação?

4º Domingo no Advento

Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Co 13.13).

Sl 111 / Is 63.7-14 / Gl 4.4-7 / Mt 2.13-23

 

anunciação do nascimento aos pastores - jesus - natalQueridos irmãos em Jesus.

A paz do Senhor esteja com todos vocês.

Qual o tempo certo para fazer as coisas?

Qual o tempo certo para começar a trabalhar?

Qual o tempo certo para namorar?

Qual o tempo certo para casar? Qual o tempo certo para um casal ter filhos?

Permitam-me ler um trecho dos escritos do Sábio Salomão: Eclesiastes 3.1-8:

1Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião.
2Há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar;
3tempo de matar e tempo de curar; tempo de derrubar e tempo de construir.
4Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar; tempo de chorar e tempo de dançar;
5tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las; tempo de abraçar e tempo de afastar.
6Há tempo de procurar e tempo de perder; tempo de economizar e tempo de desperdiçar;
7tempo de rasgar e tempo de remendar; tempo de ficar calado e tempo de falar.
8Há tempo de amar e tempo de odiar; tempo de guerra e tempo de paz.

Qual é o tempo da Salvação?

Muitos hinos já foram feitos sobre este tema:

“meu amigo, hoje tens a escolha, vida ou morte qual vais aceitar? Amanhã pode ser muito tarde, hoje Cristo te quer libertar.”

Podemos até não gostar deste hino ou achar que ele ensine alguma doutrina errada, mas ele ensina algo muito certo também. O tempo da graça é hoje. O tempo da Salvação é agora.

Amanhã pode nem chegar.

E é isso que diz outro hino que cantamos: “Hoje ele te chama, para restaurar, hoje ele te chama para renovar, hoje ele te chama para reviver e amar.”

Hoje é o tempo de crer e viver para Jesus. Hoje.

Quem sabe os tempos com extrema precisão é o Senhor que: “quando chegou o tempo certo, Deus enviou o seu próprio Filho, que veio como filho de mãe humana e viveu debaixo da lei 5para libertar os que estavam debaixo da lei, a fim de que nós pudéssemos nos tornar filhos de Deus.” (Gl 4.4-5)

Em outro momento, também no tempo certo, o Pai enviará novamente o Filho. Mas agora para julgar a todos. Vivos e mortos. Os crentes ganharão a vida eterna e os outros a condenação.

Quando será esse tempo?

Jesus responde: “Mas ninguém sabe nem o dia nem a hora em que tudo isso vai acontecer, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai.” (Mc 13.32 e Mt 24.36).

E para aqueles que tentam adivinhar o dia do fim, falando sobre a vinda do Espírito Santo, o Senhor alerta: “Não cabe a vocês saber a ocasião ou o dia que o Pai marcou com a sua própria autoridade.” (At 1.7).

O tempo da Salvação é agora. E, a partir de agora, todos que creem são salvos. E aguardam a vitória final.

Paulo lembra aos Gálatas e a nós: 6E, para mostrar que vocês são seus filhos, Deus enviou o Espírito do seu Filho ao nosso coração, o Espírito que exclama: “Pai, meu Pai.” 7Assim vocês não são mais escravos; vocês são filhos. E, já que são filhos, Deus lhes dará tudo o que ele tem para dar aos seus filhos.”

Não somos escravos.

Somos filhos e podemos chamar como um filho que pede socorro ao pai amado.

Se hoje é o dia da salvação.

Hoje também é o dia de colocar nossa fé em ação. Amando a Deus e ao próximo.

Tem muita coisa pra fazer.

Aproveitem as esperanças renovadas do Natal e renovem também o coração. Encham de amor pelo próximo. Ajude a alimentar a quem tem fome, a socorrer o abatido e animar ao desanimado.

Assim, você será mais um instrumento de Salvação. E hoje, a salvação poderá ainda alcançar a muitas pessoas.

Porque todo aquele que crê no Senhor, tem a vida eterna.

Amém.

E a paz de Deus, que ninguém consegue entender, guardará o coração e a mente de vocês, pois vocês estão unidos com Cristo Jesus. Amém. (Fp 4.7)

Pastor Jarbas Hoffimann – Nova Iguaçu-RJ

Soli Deo Gloria