sábado, 10 de novembro de 2018

A maldição da Mega-Sena

      As notícias de hoje, enquanto escrevo este texto, dão conta de que a Mega-Sena sorteará a fortuna de 22 milhões de Reais. Pense bem: milhões! Pobre ganhador. Quem sabe você não vá concordar comigo, mas arrisco a dizer que com esta fortuna, o ganhador é tão pobre e tão rico. Com tamanha fortuna, vai ter que abrir mão da sua vida anônima. Vai viver em prisões disfarçadas de mansões luxuosas, monitoradas eternamente e de segurança máxima. Vai ter que colocar inúmeros seguranças ao redor dos seus filhos, dos seus familiares, das pessoas que mais ama. A montanha de dinheiro será como uma camada de isolamento, tornando impossível um simples caminhar anônimo e despreocupado pelas ruas da cidade.
      O dinheiro não é uma praga. O dinheiro é uma bênção de Deus. É fruto do trabalho honesto, digno. Mas já vi muitas reportagens contando a história de tantos ganhadores da Mega-Sena que acabaram na desgraça. Vítimas dos sanguessugas que se aproximaram apenas para tirar proveito. Vítimas de assassinatos arquitetados pelos próprios seguranças, pela própria esposa, pelas pessoas que deveriam proteger e amar. Foram vítimas dos desejos do seu próprio coração, que bate no tom da onipotência de quem tudo pode a qualquer momento e em qualquer lugar. O título da reportagem? A maldição da Mega-Sena.
      Você pode concordar comigo ou não sobre a fortuna astronômica da Mega-Sena. Mas este é um bom momento para lembrar algo importante:
“o amor ao dinheiro é uma fonte de todos os tipos de males” (1Timóteo 6.10).
      O dinheiro, por si só, não é o problema. O amor ao dinheiro que é o começo da ruína moral, familiar, ética. Nosso Brasil, corrupto e quebrado, está repleto de exemplos. O amor ao dinheiro corrompe. O amor ao dinheiro faz esquecer valores morais.
      Então fica a dica: o dinheiro é uma bênção de Deus, é com o dinheiro que honramos a Deus com nossas ofertas, que aproveitamos a vida, que somos felizes. Deposite seu coração naquele que pagou nossas dívidas, assumiu nossas culpas, perdoou nossos pecados e é Salvador: Jesus. E seja feliz com o dinheiro e o salário honesto e digno que você tem. Ah, e se você pudesse dar um conselho ao ganhador da Mega-Sena? Que tal este:
“Aos que têm riquezas neste mundo ordene que não sejam orgulhosos e que não ponham a sua esperança nessas riquezas, pois elas não dão segurança nenhuma. Que eles ponham a sua esperança em Deus, que nos dá todas as coisas em grande quantidade, para o nosso prazer!” (1Timóteo 6.17). 
Rev. Bruno A. K. Serves
Congregação Cristo
Igreja Evangélica Luterana do Brasil
Candelária, RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente... Compartilhe...