terça-feira, 17 de maio de 2011

Fracassos olímpicos e diários

Nos emocionamos e lamentamos ao acompanhar a derrota de um esportista nas Olimpíadas. Parece que o lamento é maior quando o esportista é considerado favorito.
Lembro quando a ginasta Daiane do Santos competiu nas Olimpíadas em Atenas (2004). Considerávamos como certa a medalha de ouro. No entanto, ela “escorregou”. Falhou! Deu vontade de pedir aos juízes que concedessem uma nova chance. Mas, isso já não era possível.
Com certeza, em nossas vidas, temos muito que lamentar. Afinal, quem de nós não “escorrega”? Quem não erra, não falha?
Ficam as queixas, os lamentos. Talvez, na vida profissional eu fiz o que não devia. Na vida particular “escorreguei” nos relacionamentos. Fui duro ou mole demais com meu filho(a). Fui insensível com meu marido, minha esposa. Desrespeitei meu pai, não ouvi os conselhos de minha mãe. Aliás, alguns “escorregões’ na vida doem muito! Atrapalham muito! É preciso senso de realidade, humildade e disposição para dar a volta por cima.
Todos precisamos de renovação. É importante colocar a situação perante Deus. O que você quer renovar? Onde você anda escorregando? É preciso identificar o erro, confessá-lo, encará-lo e buscar forças em Deus.
A Bíblia diz assim:
Se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade. (1Jo 1.9).
Uma coisa é certa, depois dos escorregões não dá para voltar atrás! Não adianta lamentar o leite derramado! Mas é imprescindível que exista arrependimento e fé! Confiança em um Deus que é misericordioso, confiança e certeza de que podemos recomeçar!
É lamentável ver um esportista favorito perder a medalha por um simples deslize, porém, mais lamentável é perder a medalha da vida eterna. Por isso, cuidemos com os escorregões, mas cuidemos, sobretudo, para não esquecer que na vida espiritual existe perdão e renovação, afinal, foi para isso que o sangue de Jesus “escorregou”, ou melhor, escorreu pela cruz do Calvário.
Tropeçou? Caiu? Não desanimes. É hora de levantar! Pois, em Cristo Jesus, temos um lugar garantido no podium da vida.

Pastor Ismar Lambrecht Pinz