domingo, 8 de janeiro de 2012

Sermão 08/01/2012

Batismo do Senhor / 1º Domingo após Epifania - B
8 de Janeiro de 2012

Eu te chamei pelo nome

Texto Base: Mc 1.4-12

Salmo do Dia:        Salmo 29
Antigo Testamento:    Gênesis 1.1-5
Epístola        Romanos 6.1-11
Evangelho do Dia    Marcos 1.4-12
Ao querermos que o nosso filho seja um aluno da nossa escola é preciso fazer a matrícula. Não basta simplesmente mandá-lo no dia do início das aulas, e assim estará tudo resolvido. É preciso que alguém responsável ou ele mesmo faça sua inscrição na secretaria para que tenha validade o seu curso.
Na vida do cristão também existe uma matrícula. Existe uma anotação, uma inscrição no rol de membros da Comunidade e da Igreja de Jesus Cristo. Isto acontece no dia do Batismo, quando somos matriculados na escola de Jesus Cristo, no colégio do Senhor. O profeta Isaías diz isto, falando da chamada que Deus faz: Eu o chamei pelo seu nome, e você é meu. Você agora está matriculado.
Jesus também foi batizado. Jesus também cumpriu a Lei. Jesus também se apresentou a João Batista para o batismo. Não porque tinha necessidade, mas para se colocar no lugar dos homens e mostrar que o batismo é algo que a Deus apraz. Que Deus tem prazer. Nele Deus opera.
E é interessante ver o que acontece quando Jesus é batizado. O céu se abre e o Espírito Santo desce, e Deus fala. Em outro evangelho se fala que o céu se rasgou, destacando o impacto, o peso do batismo de Jesus. O céu está definitivamente aberto, rasgado para todos os que crêem.
Eu te chamei pelo teu nome. Este é o recado que nós recebemos de Deus no dia do nosso batismo. Você está matriculado. Você está inscrito. Você é aluno de Deus. Que bom que a gente teve pais que  nos levaram ao batismo. Não podemos agradecer o suficiente a Deus por isto.
Se existe algo grandioso na vida é o momento do nosso batismo. É a primeira lição de vida que recebemos, a primeira pregação, a primeira mensagem. Antes de sermos qualquer aluno, qualquer funcionário, sou um filho de Deus.
É bom dizer, especialmente aos jovens, que um dia se vão ir daqui, que não se deixem estar, não relaxem neste aspecto. Batizem os vossos filhos. Outra coisa importante é dizer que para nós o céu também se abriu. O céu se rasgou. No dia do nosso batismo aconteceram coisas bonitas no céu. Lá está agora o nosso nome para sempre.
Em Apocalipse nós lemos: Não tirarei o nome dessas pessoas do Livro da Vida. Eu declararei abertamente, na presença do meu Pai e dos seus anjos, que elas pertencem a mim. Isto é consolador.
Eu te chamei pelo teu nome. João batista andou no deserto pregando, enfatizando o batismo. Arrependimento. Mudança na vida. E o povo respondia e se deixava batizar. Seus nomes eram inscritos no céu. A importância do batismo está que a partir dele somos objeto do amor de Deus. Somos filhos amados, filhos abençoados pelo favor de Deus.
Quando Felipe foi enviado por Deus a um certo funcionário público, a primeira coisa que pediu foi para ser batizado. E Felipe perguntou: Você crê em Deus? Sim eu creio respondeu. Ele é um Filho amado de Deus. Ele estava matriculado na escola de Deus.
Eu te chamei pelo teu nome. Tu és meu Filho amado. Segundo Paulo o batismo é o lavar regenerador e renovador. Gera novamente. Nascer de novo. Afogar o velho homem e faz nascer o novo. Ele nos tira de uma situação e coloca noutra, diferentes. Restaura.
Igualmente ele renova. Todos os dias. O batismo é algo que precisa estar sempre diante dos nossos olhos. Diante do pecado, da fé fraca, da angustia, da incerteza, ele é consolo, vida e salvação. Ele é poder. Ele é graça. Ele é vida. Ele é paz. Somos objeto do amor de Deus. Nada nos pode afastar do amor dele.
Eu te chamei pelo teu nome. Eu tenho em você prazer. Eu tenho alegria em tè-lo como meu Filho. A escola tem o dever de tratar bem cada um dos seus alunos. A professora tem de dizer que gosta de todos eles. Deus também diz isto. Eu tenho prazer em vocês. Eu aposto em vocês. Tenho alegria em vocês.
Ao sermos matriculados na escola, não se pode ter idéia do tipo de aluno que se terá. Só ao longo do ano ou dos anos que as mudanças vão acontecer. Assim na vida de todos nós poderemos obter mudanças na medida em que nós permanecermos nos caminhos de Deus.  Não basta estar matriculado, é preciso participar. É preciso frequentar. A Igreja é a escola de Deus. O batismo nos faz participar.
Deus espera que os seus alunos na Comunidade Cristo, São Lucas, e São Mateus sejam bons e excelentes alunos neste ano de 2012. Que Deus possa dizer: Estes são meus filhos amados. Neles tenho prazer. Amém.

Rev. Ilmo Riewe — Gramado-RS, pastor da Igreja Evangélica Luterana do Brasil,.